Qui, 30 Maio 2024

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

Siga o nosso canal de WhatsApp e fique a par das principais notícias.

Nersant promove reuniões para definir eixos prioritários

nersantreuniaoriomaior

Os concelhos do Cartaxo e de Rio Maior foram os dois últimos onde a Nersant realizou reuniões de trabalho para ouvir os empresários locais e definir os eixos prioritários a colocar no seu plano estratégico de inovação e competitividade 2014-2020.

O tempo de espera relativamente à aprovação e atribuição de verbas dos projetos financiados e a fraca resposta da banca aos pedidos de financiamento dos pequenos empresários foram dois dos problemas apresentados pelos empresários de Rio Maior.

Nesta sessão, foi dito que, mesmo perante apresentação de plano de negócios e investimento bem fundamentado, os potenciais investidores veem os seus pedidos de financiamento negados, o que motivou alguns lamentos por parte das empresas presentes.

No Cartaxo, os empresários referiram a importância das associações empresariais como uma alavanca importante para o seu desenvolvimento e acesso a projetos comunitários, e sugeriram incluir no plano estratégico da Nersant apoios não só à certificação das empresas, mas também à manutenção da mesma, que se revela dispendiosa para algumas organizações de pequena e média dimensão.

Foram ainda abordados os apoios à internacionalização, que, na opinião dos empresários devem ser mantidos.

“O trabalho da associação está à vista de todos. Em termos de exportações, a região tem um crescimento superior, em bens, à média nacional. Queremos que a região seja a melhor do país e por isso estamos a recolher os vossos contributos, porque a economia é feita não só dos grandes, mas maioritariamente pelos pequenos e médios empresários.”, disse António Campos, Presidente da Comissão Executiva da Nersant.

A associação empresarial ribatejana vai ainda ouvir os empresários de Coruche, Santarém e Torres Novas nestas sessões, que se encontram inseridas no “INOVRibatejo”, projeto que está a ser desenvolvido pela associação com o apoio do COMPETE e através do qual se pretende a realização de um “Estudo estratégico de inovação e competitividade para a Região de Santarém e a definição de ações de apoio às empresas no período 2014-2020”.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Notícias Relacionadas

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB