Ter, 23 Abril 2024

PUB

RODAPE-CONTEUDOS

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

Siga o nosso canal de WhatsApp e fique a par das principais notícias.

Feira Nacional da Agricultura assinala 50º aniversário


Esta será uma edição especial para o maior certame nacional dedicado ao mundo rural, que assinala este ano o seu 50º aniversário.

Até Santarém vai estar engalanada com tratores antigos espalhados por vários pontos da cidade e uma decoração especial alusiva à Feira Nacional da Agricultura, que se realiza de 8 a 16 de Junho.

Ao longo de nove dias, são esperados mais de 150 mil visitantes no Centro Nacional de Exposições (Cnema), onde mais de 500 expositores mostram o melhor dos sectores agrícola e agroindustrial.

Na vertente profissional, ligada à exposição de maquinaria agrícola, a procura de espaços por parte de expositores está a manter-se ao nível do ano passado, o que significa que a crise deverá passar ao lado da feira, disse à Rede Regional Luís Mira, secretário geral da Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP), que organiza o certame.

O bom momento que o sector agrícola atravessa é a oportunidade ideal para promover os produtos de origem nacional, acrescentou o responsável, destacando o salão "Prazer de Provar", que reúne no mesmo espaço os melhores vinhos, azeites, enchidos, queijos, doçaria e fruta, entre muitos outros, dando-os a provar aos consumidores e oferecendo-lhes a oportunidade de os comprar.

Além de 11 concursos nacionais destes produtos genuinamente portugueses, o evento agrupa o 7º salão nacional do azeite, o 6º salão nacional da alimentação e o 8º festival nacional do vinho, todos com diversas iniciativas abertas à participação dos visitantes.

Este ano, e como novidade dentro do "Prazer de Provar", haverá uma área de exposição dedicada à iniciativa "Portugal Sou Eu", do Ministério da Economia, e que visa aumentar a visibilidade dos produtos portugueses junto do grande público.

Todos têm um motivo para ir à feira

Xutos & Pontapés, Fafá de Belém e Amor Electro são os nomes mais sonantes do cartaz de concertos da feira, que, como é hábito, terá muita animação todos os dias, com largadas de touros, espetáculos equestres, recriação de mercados tradicionais, folclore e música tradicional portuguesa.

Tendo em conta o momento de crise e as dificuldades económicas que as famílias atravessam, a organização decidiu não mexer no preço das entradas, mantendo os bilhetes individuais a 6 euros, as cadernetas de 10 bilhetes a 40 euros e os livre-trânsito a 20 euros.

Além da presença dos restaurantes que promovem as carnes certificadas portuguesas, vão aumentar também o número de tasquinhas de associações e coletividades que servem refeições a um preço mais económico.

A Feira Nacional da Agricultura engloba ainda a Fersant – Feira Empresarial da Região de Santarém (pelo terceiro ano consecutivo), a 2ª Expotur – Feira do Turismo Rural e de Natureza, e a 1ª edição da Lusoflora de Verão.

A Escola Superior Agrária de Santarém associou as comemorações dos seus 125 anos à feira, e vai promover várias atividades como garraiadas e treinos de forcados.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Notícias Relacionadas

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB