Qua, 29 Maio 2024

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

Siga o nosso canal de WhatsApp e fique a par das principais notícias.

Jovem de Santarém que sofreu uma paragem cardíaca continua com quadro clínico reservado

andebol joao sousa

João Sousa, o jovem andebolista luso-brasileiro que cresceu em Santarém e que no dia 21 deste mês sofreu uma paragem cardíaca e caiu inanimado no pavilhão durante o jogo entre a sua atual equipa, o Sporting da Horta, dos Açores, e o ISMAI, a contar para a quarta jornada do Campeonato Nacional de Andebol, mantém-se com um quadro clínico reservado mas “está estável e tem tido uma evolução positiva”.

A informação é dos responsáveis do Sporting da Horta, que avançam que o jovem, de 21 anos, continua internado no Hospital de São João, no Porto, e esperam por “boas notícias”.

João Sousa caiu inanimado logo ao segundo minuto de jogo, sendo socorrido de imediato pela equipa médica do Sp. Hora e posteriormente pelo INEM, sendo transportado em estado muito grave para o hospital.

A partida foi interrompida e será remarcada para outra data, com o resultado de 1-0 favorável à equipa do Sp. Horta.

Natural do Brasil, João Sousa veio viver com a família há cerca de dez anos para Vale de Figueira, no concelho de Santarém, tendo-se destacado no Grupo de Futebol dos Empregados do Comércio (Caixeiros), onde era um dos melhores jogadores e onde conquistou vários prémios de melhor jogador.

Já como júnior, mudou-se para a Associação Desportiva e Cultural de Benavente, onde chegou a sénior. Na época passada transferiu-se para o Sporting Clube da Horta, que disputa o Nacional da I Divisão, tendo passado a viver nos Açores, apesar da família manter residência em Santarém.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Notícias Relacionadas

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB