Sex, 1 Março 2024

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

Siga o nosso canal de WhatsApp e fique a par das principais notícias.

Associação de Futebol assinala centenário com dezenas de eventos e atividades

Poucos dias depois de ter celebrado os 99 anos da sua fundação (a 19 de novembro), a Associação de Futebol de Santarém (AFS) apresentou as comemorações oficiais do seu centenário, que arrancaram esta sexta-feira, dia 24, e se prolongam ao longo de 2024.

“Hoje mesmo lançámos a nova imagem de comunicação da AFS, um logo renovado com o símbolo do centenário”, explicou o presidente Francisco Jerónimo numa conferência de imprensa que serviu para dar a conhecer as atividades que estarão inseridas na efeméride.

Do vasto programa, consta o lançamento do livro “Pais e atletas no futebol – um estudo sobre comportamentos”, que terá lugar no próximo dia 4 de dezembro, no Santarém Hotel, com a presença dos autores do trabalho e de representantes da Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

Uma reunião descentralizada da FPF na sede da AFS é outro dos momentos das comemorações do centenário, tal como uma exposição itinerante que vai percorrer os 21 concelhos do distrito e a realização de palestras sobre temas como o fair play ou a ética no desporto, durante o próximo ano.

Entre outras iniciativas, a AFS vai criar o “Troféu do Centenário”, que terá uma bola própria, e realizar o “Jogo do Centenário”, um desafio entre dois dos seis clubes “centenários” do distrito, em moldes ainda a definir.

No que se refere à divulgação da sua história, o site da AFS vai ter uma nova secção com registos relevantes do seu percurso e será editado o “Livro do Centenário”, uma obra a cargo do historiador Luís Mata, do jornalista Joaquim Duarte e do designer Carlos Amado.

Segundo Francisco Jerónimo, as comemorações encerram em novembro do próximo ano, com a realização de uma gala comemorativa do centenário.

Número de praticantes federados cresce de ano para ano

Em relação à atual situação da AFS, Francisco Jerónimo mostrou-se satisfeito com o facto da associação ter quase atingido os 9.000 atletas inscritos na época 2023 / 2024, e de registar um crescimento anual na ordem dos 5 a 6%, no que se refere ao número de praticantes.

“Acredito que, se não fossem os dois anos da pandemia, este crescimento já estaria certamente nos 10%”, disse o presidente, explicando que os clubes precisam de infraestruturas de maior qualidade para atrair mais atletas.

Rui Manhoso, o histórico ex-presidente da AFS e atual diretor da FPF, salientou que é difícil atrair a realização de mais eventos de cariz internacional para o distrito precisamente devido à carência de infraestruturas de qualidade, sobretudo ao nível dos estádios.

“A associação de futebol tem que continuar o seu papel de apoio ao desenvolvimento dos clubes””, salientou Rui Manhoso, que, durante a conferência de imprensa, recordou que era o presidente quando a AFS celebrou os seus 50 anos.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Notícias Relacionadas

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB