Sáb, 15 Junho 2024

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

Siga o nosso canal de WhatsApp e fique a par das principais notícias.

UHF levam “A Herança do Andarinho” ao Cartaxo

Os UHF, uma das bandas mais icónicas da música portuguesa, vão subir ao palco do Centro Cultural do Cartaxo (CCC) no próximo dia 14 de abril, às 21h30, num concerto que pretende assinalar o 48º aniversário da revolução dos cravos.


O espetáculo tem por título “A Herança do Andarinho” e nasce do LP com o mesmo nome que os UHF gravaram como tributo a José Afonso, onde revisitam algumas das canções mais icónicas do autor, casos de “Os Vampiros”, “O Comboio Descendente” ou “Traz Outro Amigo Também”, e temas da própria banda.
Da programação do CCC para o próximo mês de abril, consta ainda a exposição de artes plásticas “Arte e Património Local: Indisciplinar Fronteiras”, que reúne trabalhos das alunas e dos alunos do 11º H e 12º C da disciplina Desenho A da Escola Secundária do Cartaxo.
A mostra, que será inaugurada a 2 de abril, é organizada pelos António Pedro Carvalho e Magda dos Santos, a exposição resulta de um projeto cujo ponto de partida é a observação, representação realista, expressiva e criativa do património arquitetónico local dos finais do Sec. XIX ao princípio do Sec. XX – fachadas, portas, janelas e varandas.

Programação cultural de qualidade
O teatro volta domingo, dia 3 de abril, às 11 horas, com “A Magia do Fundo do Mar”, que convida os mais pequeninos para uma peça que é uma viagem sensorial, criada para crianças até aos 5 anos de idade.
No âmbito da parceria com a Associação Materiais Diversos, Sofia Dinger e Miguel Bonneville vão estar no Cartaxo em residência artística, em contacto com estudantes de artes que vão partilhar o processo criativo e apresentar, no final, a peça “O Primeiro Sol”, no dia 9 de abril, às 21h30.
“Amílcar Geração”, uma produção da Culturgest, vai trazer ao palco do Centro Cultural, o ator Ângelo Torres, num monólogo que é uma evocação da vida e do legado de Amílcar Cabral, fundador do PAIGC e figura incontornável da luta anticolonialista na Guiné e em Cabo Verde.
Nos dias 29 e 30 de abril, às 21h30, sobe ao palco do CCC um clássico do teatro britânico de John Osborne, “Dá Raiva Olhar para Trás”, pela companhia Área de Serviço, com encenação de Frederico Corado, interpretação de Vânia Calado, João Vitor, Inês Custódio, Gabriel Silva, e a participação especial de Joel Branco.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Notícias Relacionadas

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB