Ter, 5 Dezembro 2023

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

Peça romana achada há mais de 70 anos regressa a Casével

O Centro Interpretativo de Casével, no concelho de Santarém, recebeu na tarde do dia 23 de junho, a peça romana descoberta na fazenda da família Azoia e que esteve em restauro e limpeza em na Oficina de Conservação e Restauro da Câmara de Santarém.


Na cerimónia, José Augusto Azoia lembrou os momentos que passou com o seu pai quando da descoberta de importante património da freguesia, enquanto o presidente da União de Freguesias de Casével e Vaqueiros, Miguel Ângelo Tomás, considerou que “é um momento de orgulho receber este património achado há mais de 70 anos na freguesia”.

“Não posso esquecer a disponibilidade da Câmara Municipal em devolver esta pedra tumular ao nosso Centro Interpretativo, este é um dia feliz para a freguesia”, disse.

Já o vereador da Cultura da Câmara Municipal de Santarém, Nuno Domingos, defendeu que “o mais importante no património é a forma como ele é vivido, sentido e participado pelas pessoas”, salientando ainda que o património “deve estar nos locais a que pertence”.

“Na reserva museológica seria mais uma peça. Aqui é um pedaço da história de Casével, que interpela os seus moradores, reforça a sua identidade e é agente promotor de coesão social”, concluiu o vereador.

Ainda durante esta ação, o Centro Interpretativo ficou mais rico recebendo a doação do espólio de Eugénia Roque (Tia Geny), constituído por bordados e azulejos, que pertence agora à população de Casével.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Notícias Relacionadas

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB