Sáb, 2 Março 2024

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

Siga o nosso canal de WhatsApp e fique a par das principais notícias.

Átoa, Maninho, Ana Moura e Quim Barreiros nas Festas de N.ª Sr.ª do Castelo

Átoa, Maninho, Ana Moura e Quim Barreiros são os principais nomes do cartaz das Festas em Honra de Nossa Senhora do Castelo, que se realizam em Coruche de 6 a 18 de agosto, evocando a tradição religiosa e profana que remonta ao século XVI e que marca a vida social, cultural e religiosa do concelho.


Logo a 6 de agosto, pelas 21h30, tem início na Ermida, com a colaboração do Grupo Coral de S. João Baptista, a Novena em Honra de Nossa Senhora do Castelo, que prossegue à mesma hora nos dias 8, 9, 10 e 11, bem como nos dias 12 e 13, quando é dado início ao Tríduo Solene com pregação pelo Reverendo Padre Fernando Lopes, a que se seguem atuações da banda filarmónica Sociedade Instrução Coruchense (SIC). As novenas e o Tríduo Solene concluem-se a 14 de agosto, pelas 21 horas, com a Eucaristia Vespertina da Assunção de Nossa Senhora, por intenção dos Irmãos e pelos membros da Irmandade falecidos.

{creativeslider id=”15″}

O dia 13 de agosto é marcado pela tourada à corda, às 18h30, com Pastores e Capinhas da Ilha Terceira na Rua dos Bombeiros Municipais e na Rua do Couço, mas também pelos concertos de Átoa, no Palco Sorraia, às 23 horas, e de Mariza Duvall, no Palco Tasquinhas, à uma da manhã.

O dia 13 guarda ainda momentos altos como, às 16h30, a cerimónia oficial de abertura no Parque do Sorraia, o espetáculo de dança com a Andrade Dance Academy às 22 horas, na Praça da Água, ou, à 1h30, a animação “Ohhhh queridas festas!!!” no Espaço da Tertúlia, organizada pela Associação Grupo Forcados Amadores de Coruche.

A 14 de agosto, Dia do Fogo, destaca-se, às 22h30, o desfile de fanfarras pelas ruas da Vila, o tradicional fogo de artifício sobre o Sorraia à meia-noite e, à 0h30 já de dia 15, o concerto da SIC vinculado ao tema “Tributo aos anos 80” e o concerto de Crespo à uma da manhã, ambos no Palco Sorraia.

A grande Procissão em Honra de Nossa Senhora do Castelo acontece no dia 15, Dia da Padroeira (Dia da Assunção de Nossa Senhora), pelas 18 horas. A procissão percorre as principais ruas da Vila e, no regresso, antes de recolher ao santuário, realiza-se na Esplanada do Castelo a tradicional Bênção Solene dos Lares e Campos do Vale do Sorraia.

À noite, após as 21h30, acontece o momento alto do dia com o desfile etnográfico que precede o Festival de Folclore António Neves, que conta com a participação de grupos folclóricos e etnográficos de norte a sul do País. Após o Festival, à 0h30 é tempo para o concerto do grupo Mais ou Menos no Palco Tasquinhas.

O Dia do Aficionado, 16 de agosto, das 9h30 às 11h00, a manhã é preenchida pela condução de cabrestos, pela entrada de toiros com campinos e pelo encierro nas ruas da Vila com toiros e cabrestos, a que se segue, às 11 horas, a largada de toiros no Centro Histórico. Mas a festa taurina não termina tão cedo, retomando-se às 17 horas com o desfile de tertúlias tauromáquicas e, às 19 horas, com mais um momento de tourada à corda.

À noite, pelas 23 horas, o ponto alto do dia acontece com o concerto de Maninho no Palco Sorraia, a que se segue, à 0h30, a Festa da Noite Branca com o DJ Ricky no Palco Tasquinhas. À uma da manhã regressam os toiros para a largada nas ruas de Coruche e, à 1h30, há mais uma vez animação no Espaço da Tertúlia sob o tema “Menina e Moça”.

O feriado municipal de 17 de agosto, Dia do Campino do Sorraia, põe em evidência dois grandes momentos das festas em 2022: de manhã, às 10 horas, tem lugar a concentração de campinos, jogos de cabrestos e restantes participantes no Cortejo Histórico e Etnográfico, que se inicia às 11 horas e que este ano é subordinado ao tema “A Riqueza da Nossa Terra – Força de Viver”.

O segundo grande momento do dia e das festas é o esperado concerto da consagrada fadista coruchense Ana Moura no Palco Sorraia. Também em destaque no dia 17, às 18 horas, uma grande corrida de toiros na Praça de Toiros de Coruche com os cavaleiros Luís Rouxinol, que comemora 35 anos de alternativa, João Ribeiro Telles e Salgueiro da Costa, não esquecendo os Forcados Amadores de Coruche.

A 18 de agosto, Dia da Juventude e último dia de Festas, regressa a animação taurina, com cabrestos, toiros e campinos nas ruas, culminando às 11 horas na largada de toiros no Centro Histórico e, às 18h30, com mais um momento de tourada à corda. A noite arranca às 21h30 com o concerto da banda Os Incógnitos no Palco Tasquinhas, antecipando momentos de festa como só Quim Barreiros proporciona, às 23 horas, no Palco Sorraia.

O encerramento das Festas acontece por volta da uma da manhã com mais animação (“É bom, não foi?”) na Tertúlia dos Forcados, organizada pela Associação do Grupo de Forcados Amadores de Coruche, e, especialmente, com o grande espetáculo pirotécnico na frente ribeirinha do Sorraia.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Notícias Relacionadas

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB