PUB

chamusca filhadamae

PUB

insantarem

bombeiros-str-mocambique

O grupo de 19 bombeiros de 8 corporações do distrito de Santarém (Benavente, Abrantes, Alpiarça, Cartaxo, Vila Nova da Barquinha, Pernes, Tomar e Municipais de Santarém) que partiu a noite passada do aeroporto de Figo Maduro, em Lisboa, aterrou este sábado, 23 de março, na cidade da Beira, em Moçambique pelas 15h00 locais (13h00 em Lisboa).

A bordo de um avião comercial fretado pelo Estado português para apoio às operações de socorro em Moçambique após o ciclone Idai, a equipa liderada pelo comandante José Guilherme São Marcos, ex-segundo comandante distrital de Santarém e atual comandante dos Bombeiros Municipais de Santarém, está integrada numa força operacional conjunta da Autoridade Nacional de Proteção Civil com valências nas áreas de busca, salvamento, proteção e socorro em situações de emergência complexas.

Esta força é composta por operacionais da Força Especial de Bombeiros (dez elementos), Bombeiros Voluntários de diversas corporações do distrito de Santarém (19 elementos), Guarda Nacional Republicana (18 elementos) e Instituto Nacional de Emergência Médica (um elemento), que vão apoiar as autoridades moçambicanas nas operações de socorro às vítimas do ciclone.

 

Este foi o terceiro avião com ajuda portuguesa após dois C-130 que chegaram na sexta-feira e este sábado para ajudar numa catástrofe que já contabiliza 417 mortos, só em Moçambique.

Além destes 19 bombeiros, estão também em Moçambique três fuzileiros do distrito de Santarém que integram a equipa militar que está em Moçambique nas operações de socorro.

bombeiros-str-mocambique



banner opticenter

 

PUB

PUB

PUB

banner RedeRegional Moonspell InSantarem

PUB

Quem está Online?

Temos 591 visitantes e 0 membros em linha