chamusca-celia-barrocabanner festas

patricia patricio

As duas vítimas mortais do despiste de um veículo ligeiro de passageiros ocorrido pelas 3 horas da madrugada desta sexta-feira, 21 de dezembro, no IC10, à saída da Ponte Salgueiro Maia em direção a Santarém, são duas mulheres, uma delas de 31 anos e outra de idade ainda por apurar.

Inicialmente as autoridades avançaram que as vítimas seriam Patrícia Patrício, de 31 anos, funcionária do CRIAL, de Almeirim, e o filho, com cerca de 10 anos, mas o menino apareceria com vida já durante a manhã.

A confusão de identidades surgiu porque os corpos estavam completamente carbonizados, impossibilitando o reconhecimento facial, e os familiares mais próximos também não sabiam da criança, que estaria em casa de uma amiga da vítima, que estranhou que esta não aparecesse de manhã para ir buscar o filho, como estava combinado.

A GNR está agora a tentar identificar esta segunda vítima, uma tarefa dificultada pelo estado dos restos mortais. Há indícios que seja uma amiga, também residente no concelho de Almeirim, mas a informação ainda não é oficial e só será confirmada após a autópsia. Sabe-se no entanto que esta segunda vítima é de estatura baixa, o que também terá contribuído para a confusão inicial.

Recorde-se que o carro se incendiou após embater num separador de betão e começou a arder, tendo os óbitos sido declarados no local.

Fonte da GNR explicou que os corpos só foram descobertos após ser sido extinto o incêndio pelos bombeiros, às 03h44, sendo que até ao início da manhã ainda não tinha sido possível identificar nenhuma das vítimas.

acidente ic10 carbonizado

As operações de socorro, que só ficaram concluídas pelas 7h20, envolveram 18 elementos dos Bombeiros Municipais de Santarém e Voluntários de Almeirim.

A estrada chegou a estar cortada mas já foi reaberta.

Em atualização.

Simulacro da Proteção Civil no Entroncamento - Fotos: José Neves