PUB

chamusca festival7

PUB

fngastronomia

etar almeirim

O presidente da Águas do Ribatejo, Francisco Oliveira, manifestou esta quinta-feira, 21 de janeiro, a disponibilidade da empresa intermunicipal para colaborar com o grupo de trabalho que está a ser criado pelo Ministério do Ambiente com o objetivo de proteger os rios, assegurando a redução dos níveis de poluição causados pelo deficiente tratamento de algumas indústrias e sistemas públicos.

Francisco Oliveira, que é também presidente da Câmara de Coruche, destaca a importância do investimento no saneamento com o exemplo que a Águas do Ribatejo teve recentemente no concelho de Torres Novas, onde a entrada em funcionamento das novas ETAR de Torres Novas e Riachos, e a melhoria da fiscalização por parte das autoridades junto dos sistemas de tratamento nas indústrias, já se traduz numa melhoria da qualidade da água no Rio Almonda e seus afluentes.

Nos últimos anos, a empresa investiu cerca de 70 milhões de euros no tratamento de esgotos, tendo construído 30 Estações de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) e reabilitação integral de 16 existentes e de dezenas de sistemas de saneamento existentes.

Em seis anos de funcionamento a Águas do Ribatejo construiu ainda 50 km de emissários, mais de 250 km de redes de saneamento e 47 estações elevatórias nos concelhos de Almeirim, Alpiarça, Benavente, Chamusca, Coruche, Salvaterra de Magos e Torres Novas.

Este esforço foi reconhecido pelo Ministério do Ambiente e é evidenciado na qualidade das descargas, com níveis de cumprimento superiores a 99% na qualidade da água à saída das estações de tratamento e cujos resultados são divulgados pela Entidade Reguladora (ERSAR).

Recorde-se que a empresa intermunicipal, que gere os sistemas de água e saneamento de 7 municípios da região - Almeirim, Alpiarça, Benavente, Chamusca, Coruche, Salvaterra de Magos e Torres Novas - tem um plano de investimentos de 130 milhões de euros, para concretizar até 2017, nos sistemas de abastecimento e tratamento de águas residuais: O projeto da AR tem um período de vida estimado de 40 anos e prevê investimentos de 437 milhões de euros até 2049.



Comentários   

0 #1 armindo silveira 23-01-2016 01:42
Boas noites, parece que agora todos querem dar um passo em frente...
Citar

PUB

PUB

PUB

Rede Regional

Slide backgroundSlide thumbnail

PUB

feira santos

PUB

Quem está Online?

Temos 464 visitantes e 0 membros em linha