PUB

chamusca filhadamae

PUB

insantarem

constanciasergiooliveira

A Câmara de Constância enviou um ofício ao Ministro do Planeamento das Infraestruturas a solicitar a clarificação da futura localização da nova ponte sobre o rio Tejo, que vem incluída no Programa Nacional de Investimentos (PNI2030), documento que o governo apresentou na Assembleia da República, na semana passada.

A obra vem referida no “Anexo 1” do PNI2030, nas “Fichas de Investimento” da secção “Missing Links”, dotada de um total de 300 milhões de euros para vários projetos no sector dos transportes e mobilidade, mas surge sem estimativa de custos, sem data de previsão do arranque da empreitada, e sem localização exata, sendo certo que será construída para ligar os concelhos de Abrantes e Constância (do lado de Santa Margarida da Coutada) no âmbito da conclusão do IC9, entre a A23 e Ponte de Sor.

O presidente da autarquia, Sérgio Oliveira, entende que estão reunidas as condições para se chegar a uma solução de consenso que passe por localizar a nova ponte na fronteira do concelho de Constância com o município vizinho de Abrantes, quer da margem sul (entre a estação ferroviária de Santa Margarida da Coutada e a Ribeira de Alcolobre), quer na margem norte (nó da A23 à saída de Constância no sentido de Montalvo ou no nó da A23 a seguir à fábrica da Tupperware).

Sérgio Oliveira garante que lutará até ao fim por esta solução, por ser aquela que mais defende não só os interesses do seu concelho e da região, mas é também a melhor opção a nível nacional.



banner opticenter

 

PUB

PUB

PUB

banner RedeRegional Moonspell InSantarem

PUB

Quem está Online?

Temos 507 visitantes e 0 membros em linha