chamusca-celia-barrocabanner festas

A Assembleia Municipal de Constância aprovou o Orçamento e as Grandes Opções do Plano para 2019, tendo o presidente da autarquia apontado a construção de uma travessia sobre o rio Tejo como algo fundamental para o desenvolvimento do concelho e da região.

Sem essa nova ponte, reivindicada há muito por vários municípios Constância, Sérgio Oliveira considera que o concelho permanecerá cortado ao meio, sem desenvolvimento integrado, e a ver definhar uma das suas principais freguesias, que é Santa Margarida da Coutada.

"Os autarcas do Médio Tejo concertaram posições sobre os investimentos públicos tidos por prioritários e já fizeram chegar essas reivindicações ao Governo pelo que aguardamos que no início de 2019 possamos ter notícia a esse respeito", disse Sérgio Oliveira, citado pela agência Lusa.

O orçamento, com um valor total de receitas previstas a rondar os 7,3 ME, cerca de 500 mil euros abaixo do orçamento de 2018, foi aprovado pela maioria PS e abstenções de três eleitos da CDU e 1 do Movimento Independentes por Constância.

A valorização da zona ribeirinha de Constância, a extensão de saúde de Montalvo, o Largo Cabral Moncada, a ETAR de Montalvo e a requalificação do Cineteatro, são alguns dos principais inve4stimentos previstos.

Simulacro da Proteção Civil no Entroncamento - Fotos: José Neves