PUB

cm chamusca covid

PUB

clickaporta

PUB

cms fna2021

PUB

castelo bode

 PUBaguas santarem 600x110

abrantesassembleiamunicipalhorario

Está a correr em Abrantes uma petição pública pela reposição da realização das sessões da Assembleia Municipal em horário pós-laboral.

Esta ação pretende reverter a decisão de realizar as sessões deste órgão às sextas-feiras, às 14h30, que foi aprovada com os votos favoráveis da maioria PS, da CDU e do eleito do MIFRM, e a contestação dos restantes eleitos dos partidos da oposição.

Recorde-se que os eleitos do Bloco de Esquerda abandonaram a Assembleia Municipal do passado dia 24 de novembro, em protesto contra o novo horário, e alegando que os munícipes terão maior dificuldade em participar ou assistir às reuniões.

“As sessões da Assembleia Municipal de Abrantes devem ser publicas e não apenas formalmente públicas”, lê-se no texto da petição, que tem como três primeiros subscritores os ex-vereadores do PSD Santana-Maia Leonardo e Belém Coelho, e João Viana Rodrigues, um antigo eleito para a Assembleia Municipal pela lista dos Independentes.

Segundo os mesmos, as sessões “devem funcionar sempre em horário pós-laboral de forma a permitir a participação de todos os cidadãos que nela queiram participar, designadamente dos trabalhadores e dos estudantes”, “não cabendo ao poder político limitar, restringir ou retirar este direito com base, designadamente, no argumento da pouca participação dos cidadãos nas Assembleias Municipais”.

A petição termina mesmo com uma citação de Alexis de Tocqueville, segundo quem "os deputados são os representantes do povo soberano, mas não são os representantes soberanos do povo".



PUB

PUB

scalhidraulica 2021

PUB

ipsantarem mestrados

PUB

Anuncio AR Chamusca

PUB

almeirim sopapedra

Quem está Online?

Temos 745 visitantes e 0 membros em linha