PUB

chamusca filhadamae

PUB

insantarem

A Câmara Municipal de Abrantes vai apresentar queixa-crime no Ministério Público contra o Sindicato Nacional de Bombeiros Profissionais (SNBP) e a Associação Nacional de Bombeiros Profissionais (ANBP) para "apuramento de eventuais responsabilidades relativamente às acusações lesivas do Município e dos seus órgãos eleitos", segundo se lê num comunicado da autarquia.

De acordo com o mesmo documento, o município liderado por Maria do Céu Albuquerque "entende ser esta uma via legítima para combater o irresponsável sentimento de insegurança que a ANBP e o SNBP criaram ao longo dos últimos meses nas populações do concelho".

Em causa está o polémico processo da criação do Corpo de Bombeiros Voluntários de Abrantes, que entrou oficialmente em funções no passado sábado, 1 de junho.

Neste processo bastante contestado pelas estruturas representativas dos bombeiros profissionais, que chegaram a denunciar várias situações que consideram ser ilegais, a autarquia considera que existiu uma "propagação de acusações não fundamentadas, gratuitas e inverídicas, através de comunicados, declarações à imprensa e da publicação e distribuição de uma edição especial do jornal Alto Risco", motivo pelo qual vai levar o caso para a justiça.

Contestando o que tem vindo a ser alegado pelo SNBP e pela ANBP, a autarquia considera ainda que "o socorro, a segurança contra riscos de incêndio, acidentes e participação em atividades de proteção civil está garantida e melhorada", e garante que "nenhum dos bombeiros profissionais, funcionários da Câmara e por ela até agora remunerados, perdeu o vínculo público. Não perderam nem direitos, nem regalias".



banner opticenter

 

PUB

PUB

PUB

banner RedeRegional Moonspell InSantarem

PUB

Quem está Online?

Temos 528 visitantes e 0 membros em linha