PUB

cm chamusca covid

PUB

clickaporta

PUB

cms visitestr

PUB

castelo bode

 PUBaguas santarem 600x110

Economia

aguas santarem

A empresa municipal Águas de Santarém (AS) vai manter o atual tarifário de abastecimento de água mas terá de fazer uma ligeira subida (4%) da tarifa de saneamento. A alteração responde a uma exigência da Entidade Reguladora dos Serviços de Água e Resíduos, que quer diminuir a subsidiação ao saneamento, e terá um impacto residual na fatura mensal.

De acordo com a administradora da AS, Teresa Ferreira, o aumento será de cerca de 1 cêntimo por metro cúbico, no primeiro escalão, o que praticamente não se notará em boa parte das faturas.

Em termos de investimento para 2019, a AS vai gastar cerca de 3,1 milhões de euros, a maioria (58%) para o sistema de abastecimento de água, em concreto para a substituição de mais de nove quilómetros de condutas, uma medida destinada a assegurar a qualidade da água e reduzir as perdas, que atualmente se situam nos 30%.

Lamentando a ausência de fundos comunitários para o setor, Teresa Ferreira salienta que o valor destinado a investimento resulta exclusivamente de meios libertados pela empresa, sem recurso a financiamento.

Entre as obras a realizar em 2019 estão a substituição de condutas, a melhoria dos sistemas de controlo de PH, a reabilitação de reservatórios e conclusão da substituição das condutas elevatórias na encosta de S. Bento e, ao nível do saneamento, melhorias na Estação de Tratamento de Águas Residuais e na estação elevatória na bacia de Santa Rita.

VIVER SANTARÉM MANTÉM APOIO DE 248 MIL EUROS

Na reunião de 31 de outubro, em que foram aprovadas as contas e o tarifário da Águas de Santarém, foi igualmente aprovado o contrato programa para a empresa municipal Viver Santarém, que mantém o valor de 248 mil euros de 218, um financiamento municipal de 11,5% do volume de negócios feito em troca do cumprimento de serviços públicos para a área do desenvolvimento desportivo e para os preços sociais praticados nos equipamentos geridos pela empresa.

A Viver Santarém, que tem por objeto social assegurar a prestação de serviço público no âmbito da atividade física e desportiva, do lazer e tempos livres e de outras atividades de animação do concelho, apresenta para 2019 um orçamento global de 2,1 milhões de euros, prevendo um resultado líquido positivo.



PUB

PUB

scalhidraulica 2021

PUB

ipsantarem mestrados

PUB

Anuncio AR Chamusca

PUB

almeirim sopapedra

Quem está Online?

Temos 467 visitantes e 0 membros em linha