PUB

banner chamusca alice adiado

PUB

banner cms riscos

eprm for

A Escola Profissional de Rio Maior (EPRM) foi distinguida na IX Mostra de Ciência – Concurso Jovens Cientistas e Investigadores, promovido pela Fundação da Juventude, no Museu da Eletricidade, em Lisboa.

Entre 100 projetos selecionados pela Fundação para a fase final da competição, quatro deles eram da EPRM, tendo envolvido 11 alunos e 3 professores.

Pelo terceiro ano consecutivo, a EPRM ouviu o seu nome ser chamado ao palco, desta vez com o projeto FOR – Future Of Recycle, um ecoponto doméstico inteligente, didático e autónomo no que diz respeito à seleção e separação de resíduos recicláveis.

O projeto, distinguido com o Prémio Especial Engenharia, o que, para além da distinção, lhe valeu a atribuição de um valor pecuniário de 500 euros, foi desenvolvido pelos alunos Diogo Vitorino (aluno do C.T. Eletrónica, Automação e Instrumentação), Joana Dionísio (aluna do C.T. Turismo Ambiental e Rural) e Rui Mendes (aluno do C.T. Instalações Elétricas), com a coordenação do Formador Cristóvão Oliveira, formador na área da Eletrónica.

“A participação em concursos, com este tipo de projeto, é uma evidência de que a formação/educação ministrada na EPRM não é apenas educação formal, isto é, apenas alicerçada no currículo escolar (disciplinas), apoiando-se também na pedagogia por projetos e no “aprender fazendo”, algo que permite estimular nos nossos alunos as competências transversais, as chamadas soft skills, algo cada vez mais valorizado pelo mercado de trabalho. Para além disso, procuramos estimular nos nossos jovens, o gosto pela inovação, pela criatividade e pelo empreendedorismo”, refere a escola em comunicado.

santaremraizessustentabilidade

O dia mundial do ambiente, 5 de junho, foi comemorado em Santarém com o lançamento do projeto “raízes para a sustentabilidade”, na Casa do Ambiente, a par da inauguração da exposição “Montado”, cedido pelo Observatório do Sobreiro e da Cortiça de Coruche.

A exposição é sobretudo pedagógica e direcionada às crianças e a todos os que não têm grandes conhecimentos sobre o montado de sobro e o sobreiro, de modo a mostrar a fauna, a flora e os produtos sociais que lhe estão associados.

As intervenções estiveram a cargo de Emília Leitão, que fez uma apresentação sobre “O Montado - Uma Floresta de Oportunidades”, e Paulo Palha, que falou sobre “Coberturas Verdes - Eficiência Energética e Sustentabilidade”.

O lançamento do projeto ambiental “raízes da sustentabilidade – plante um sobreiro” vai de encontro ao objetivo da União Europeia de travar a perda de biodiversidade e a degradação dos ecossistemas, reforçando a importância de preservar a biodiversidade com o lema “viver bem, dentro dos limites do nosso Planeta”.

A iniciativa inclui ainda a oferta de um sobreiro às famílias do concelho de Santarém, que tenham um terreno onde possam plantar um exemplar desta espécie autóctone e protegida por lei.

Maria João Cardoso, coordenadora da equipa multidisciplinar de ação para a sustentabilidade (EMAS) da Câmara de Santarém, realçou que existem “quinhentas árvores cedidas para oferecer” e que espera “que sejam acarinhadas”.

dia crianca cartaxo

Por um dia, no sábado, 30 de maio, as crianças do Cartaxo puderam ser aquilo que quiseram numa "cidade" construída à sua medida para assinalar o Dia Mundial da Criança.

À entrada desta "cidade", os mais pequenos receberam o passaporte que lhes dava acesso a jogos, a muitos saltos nos insufláveis e a transformar-se em selvagens tigres ou amáveis fadas ao pintar a cara com cores de fantasia, mas também a arrancar dentes com as suas próprias mãos, a ser locutor de rádio mesmo à séria, a conduzir uma charrete, a fazer os seus próprios óculos escuros ou, uma da tarefas mais requisitadas, a auscultar e tratar do simpático Zé, o cão que os aguardava no veterinário para ser tratado com muito carinho e atenção.

Como as cidades não funcionam muito bem sem segurança, lá estavam os Bombeiros Municipais, a PSP, a GNR e a Proteção Civil, com os mais pequenos prontos para qualquer intervenção que fosse necessária, ou a mostrar que para circular na cidade, mesmo nas suas bicicletas, é preciso muita atenção aos sinais e às regras de trânsito. Mas como também na pequena cidade, o dia era de comemorar, o Coreto recebeu muitos espetáculos – ballet infantil, danças modernas, de salão e música para todos os gostos.

Para encerrar o dia, pais, familiares e amigos, tomaram os seus lugares à volta do palco por onde desfilaram os jovens, meninos e meninas, vestidos a rigor ou bem desportivos para ir às aulas – foi o desfile de moda patrocinado por lojas do Cartaxo e animado pela música do DJ convidado.

O vice-presidente da Câmara Municipal do Cartaxo, Fernando Amorim, acompanhou o dia dedicado às crianças, agradecendo a disponibilidade de todos os voluntários envolvidos e mostrando satisfação pelo sucesso desta iniciativa.

"É uma grande festa para os mais pequenos, mas também uma oportunidade para as associações culturais, sociais e desportivas, as empresas, os comerciantes, os profissionais liberais do concelho, mostrarem os seus projetos e darem a conhecer o seu trabalho”, resumiu o autarca.

Mais artigos...

Slide backgroundSlide thumbnail

PUB

PUB

Scalhidraulica

Quem está Online?

Temos 600 visitantes e 0 membros em linha