PUB

banner chamusca alice adiado

PUB

banner cms riscos

Surf foi uma das atividades feitas pelos alunos

A completar 23 anos de existência, a Escola Profissional de Rio Maior (EPRM) teve um dos seus melhores anos letivos de sempre, com prémios e distinções em várias áreas, um sinal cada vez mais reconhecido não só pela comunidade escolar, mas por toda a envolvente da escola.

"Começou por ser uma pequena escola mas, ao longo dos anos, foi crescendo e adquirindo uma notoriedade que é hoje unanimemente reconhecida", refere o diretor da EPRM, Luciano Vitorino, que considera que os resultados alcançados ao longo do tempo "são o coroar do esforço permanente em prol da credibilização da Escola Profissional de Rio Maior e a afirmação de que o Ensino Profissional é uma alternativa credível ao nível da formação de jovens, desde que levado com rigor, responsabilidade e preocupação centrada na qualidade da formação oferecida aos alunos".

Este ano, em termos de projetos feitos pelos alunos, Luciano Vitorino destaca a Torneira Inteligente “I-Flow”, que foi distinguida, quer a nível nacional, quer internacionalmente com prémios, quer pecuniários quer de mérito, inovação e excelência; a HSG - Hydroponic Solar Growth, que tem como base a criação de um produto para o mercado gourmet baseado na autossustentabilidade e que foi distinguido pela Nersant como a melhor ideia Empresarial; o FOR - Future of Recycle, um ecoponto doméstico inteligente, adaptável em função das necessidades do utilizador e que foi distinguido pela Fundação da Juventude com o Prémio Especial de Engenharia e pela Nersant com o Prémio Maior Sustentabilidade Ambiental.

A escola realizou ainda várias atividades curriculares e extracurriculares, entre elas visitas de estudo ao estrangeiro, nomeadamente França (Paris), Polónia (Cracóvia, Varsóvia e Kielce) e Espanha (Badajoz), sessões de esclarecimento sobre as mais diversas temáticas.

"Fizemos surf, padlle, orientação, BTT, zumba, hip-hop, combat, jogámos futebol, promovemos alimentação saudável e comemorámos o Halloween, o São Martinho, o Dia Internacional das Línguas, o Dia dos Namorados e o Carnaval. E, como expoente máximo da dinâmica da Escola, tivemos as nossas XXII Jornadas Profissionais em que distinguimos os melhores alunos finalistas, realizámos Encontros com Profissionais de várias áreas técnicas e mostrámos a nossa Escola e o nosso trabalho a mais de 400 alunos do Ensino Básico", resume Luciano Vitorino.

Na formação em contexto de trabalho realizaram-se mais de 250 estágios em empresas locais, regionais e nacionais, com mais de 95% dos alunos finalistas a apresentarem e defenderem perante um júri a sua Prova de Aptidão Profissional, tendo muitos deles recebido rasgados elogios.

"Na EPRM, os ganhos com toda esta variedade de atividades, projetos e iniciativas são infinitos, pela dinâmica que criam e pelo reforço da motivação, da autoconfiança e da autoestima que provocam em toda a comunidade escolar. Constatamos reflexos notáveis ao nível da redução do absentismo e do abandono escolar precoce e melhoria do sucesso escolar. Em resumo, catapulta o envolvimento dos alunos com o Projeto Educativo da EPRM!", completou o diretor pedagógico da Escola Profissional de Rio Maior.

Imagem de Arquivo / Ilustrativa

A ampliação das escolas de primeiro ciclo de Almoster e da Portela das Padeiras são as prioridades imediatas da Câmara de Santarém no que concerne à política educativa do município quem se se confirmarem as projeções populacionais previstas na carta educativa municipal, poderá assistir ao encerramento de alguns estabelecimentos de ensino nos próximos anos.

Os dados foram apresentados esta terça-feira, 23 de junho, durante uma reunião extraordinária do executivo municipal onde foi aprovada a nova carta educativa municipal, documento que aponta caminhos com base numa projeção demográfica até 2021 e que vem rever a carta que estava em vigor desde 2006.

Se a tendência não se alterar, haverá uma redução da população do concelho em 3,6% em 2021 (59.556 habitantes contra os 61.752 dos censos de 2011), com quebras maiores nas freguesias rurais, já que estima um crescimento da cidade em 1,7% (dos 29.929 para os 30.431 habitantes). Nesse cenário, a população em idade escolar cairá dos 8.986 nos censos de 2011 para os 8.091 em 2021.

Além das intervenções em Almoster e na Portela das Padeiras, o documento aponta também como prioritárias as construções dos pavilhões desportivos nas escolas de segundo e terceiro ciclo de Alcanede e de Pernes, já previstos na carta de 2006.

santaremdebateartedeeducar

António Sampaio da Nóvoa é uma das figuras de destaque que vai participar no 3º encontro "A Arte de Educar", que se realiza no próximo dia 9 de julho, no auditório da Escola Superior de Saúde de Santarém (ESSS), e que este ano é dedicado ao tema "Escola, Como Vai Essa Saúde".

O reitor honorário da Universidade de Lisboa e candidato à Presidência da República vai participar no segundo debate da manhã, subordinado ao tema "o exercício da profissão docente e a saúde mental dos professores, onde também serão oradoras a enfermeira Fátima Neves e a médica Inês Matos.

O encontro inicia-se pelas 9h30, com intervenções da diretora da ESSS, da diretora do Agrupamento de Escolas Alexandre Herculano, do diretor do Centro Distrital de Segurança Social de Santarém, do presidente da Câmara de Santarém, e do diretor do Centro de Formação da Lezíria do Tejo.

O primeiro debate será subordinado ao tema "a educação para a saúde na escola", seguindo-se o painel em que participará António Sampaio da Nóvoa, e, no período da tarde, o painel "a escola, o aluno e a família".

A organização é do Agrupamento de Escolas Alexandre Herculano.

Mais artigos...

Slide backgroundSlide thumbnail

PUB

PUB

Scalhidraulica

Quem está Online?

Temos 586 visitantes e 0 membros em linha