PUB

banner chamusca covid mata

PUB

nersant business +2

PUB

cms covid 2021b

PUB

clickaporta

riomaiorturmamusica

O Agrupamento de Escolas Marinhas do Sal, no concelho de Rio Maior, vai ter uma turma de ensino especializado de música a funcionar já durante este ano letivo.

Esta turma, composta por 23 alunos do 5º ano, vai funcionar graças a um protocolo assinado entre a direção do agrupamento, a Câmara de Rio Maior e a Academia de Música de Alcobaça, que coordenará toda a parte técnica e administrativa do projeto, nas diversas áreas da formação musical.

A fatura do projeto será suportada pela Câmara Municipal, que vai transferir para o agrupamento das Marinhas do Sal uma verba de 27.600 euros.

Este protocolo é válido para o presente ano letivo, estando assegurado pela Academia de Música de Alcobaça a continuidade deste tipo de ensino nos anos seguintes, segundo uma nota de imprensa da Câmara de Rio Maior.

Esta academia é uma entidade acreditada junto do Ministério da Educação para este tipo de ensino, e colabora já com a autarquia no "PIP-Rio", um projeto de intervenção precoce desenvolvido pela Santa Casa da Misericórdia local na área da musicoterapia.

cartaxosecundariaaniversario

A Escola Secundária do Cartaxo, que pertence ao Agrupamento Marcelino Mesquita assinalou o seu 35º aniversário no passado dia 17 de novembro.

A efeméride foi assinalada logo pela manhã com o içar da bandeira, seguindo-se um dia de atividades na escola que incluiu a cerimónia de entrega de diplomas aos melhores alunos da escola e aos estudantes que representaram a secundário do Cartaxo em eventos nacionais.

A celebração contou também com algumas perfomances dos alunos de artes, da biblioteca escolar, canto de uma aluna que é autora das suas músicas e da claque da escola.

No final, cortou-se o bolo de aniversário num ambiente descontraído que reuniu alunos, encarregados de educação, pais, professores, pessoal administrativo e auxiliar.

santaremalunosbrasileirossaude

No âmbito de uma pós-graduação, um grupo de profissionais brasileiros de várias áreas da saúde, desde enfermeiros, professores de educação física, médicos-dentistas, esteticistas, nutricionistas e fisioterapeutas, entre outros, está de visita a Santarém.

A comitiva do Centro Universitário do Sul de Minas (UNIS) foi recebido no salão nobre da Câmara Municipal de Santarém, onde a vereadora com o pelouro da educação, Inês Barroso, lhes desejou “os maiores sucessos ao grupo em termos académicos, mas também profissionais e pessoais.

Dada a “diversidade do grupo e ao pouco tempo de que dispomos, queremos satisfazer todas as necessidades ao nível do programa científico, mas também cultural, tentando fazer uma relação entre uma área e outra”, explicou Isabel Barroso, diretora da Escola Superior de Saúde de Santarém, durante a receção.

Tanto a UNIS como o Instituto Politécnico de Santarém (IPS) pertencem à Rede de Cooperação Internacional com outras instituições do ensino superior, a qual visa a criação, entre outras atividades, de oferta conjunta de programas de ensino para cursos de graduação, pós-graduação, cursos livres e similares.

Para Argentino Bueno, gestor de todas as pós-graduações da UNIS, “esta receção demonstra o quanto é valorizada a vinda de universidades estrangeiras”.

Segundo o mesmo responsável, com as pós-graduações e a internacionalização, os alunos "têm a oportunidade de aprender, num país de língua portuguesa, mas com uma cultura muito rica e muito diferente, a forma como é feita a gestão da saúde e os seus detalhes”.

Mais artigos...

PUB

PUB

Scalhidraulica

PUB

Aguas Ribatejo Atendimento 012 222

Quem está Online?

Temos 699 visitantes e 0 membros em linha