PUB

chamusca covid responsavel

PUB

banner cms riscos

cartaxocasaispenedosescola

As escolas básicas de Casais Lagartos e Casais da Amendoeira, na freguesia de Pontével, não vão abrir as portas no ano letivo que se inicia em setembro, segundo o que consta de um ofício enviado pela Direção Regional de Educação de Lisboa e Vale do Tejo (DRE-LVT) à Câmara do Cartaxo.

Segundo o delegado deste organismo, João Passarinho, a reorganização da rede escolar está concluída e seguiu os critérios definidos pelo Ministério da Educação, pelo que estes dois estabelecimentos escolares têm o seu encerramento oficial marcado para o próximo dia 1 de setembro.

A comunicação chegou na segunda-feira, 23 de junho, à Câmara do Cartaxo, que, curiosamente, aguarda por uma resposta do Ministério da Educação a uma exposição enviada pelo presidente Pedro Magalhães Ribeiro cerca de duas semanas antes, no dia 12.

O autarca pediu uma reunião com caráter de urgência ao ministro da Educação, mas Nuno Crato parece demasiado ocupado para receber a delegação do Cartaxo ou sequer para responder aos argumentos apresentados pela autarquia para justificar o não encerramento daquelas duas escolas.

A Câmara promete continuar a lutar contra a decisão do ministério, pois, segundo a exposição dirigida a Nuno Crato, as escolas em causa têm "boas condições de funcionamento fruto do investimento efetuado pela autarquia e do empenho de encarregados de educação, professores e do agrupamento escolar".

O seu encerramento "obrigaria à deslocação de dezenas de crianças numa freguesia com rede de transportes públicos deficitária e famílias com dificuldades financeiras", considera o autarca, acrescentando que o município já deu início à revisão da Carta Escolar, e que deverá ser esse o documento a ter em conta numa futura reorganização da rede escolar do concelho.



leziria startup

 

Slide backgroundSlide thumbnail

PUB

PUB

Scalhidraulica

Quem está Online?

Temos 806 visitantes e 0 membros em linha