As obras de remodelação e requalificação da Escola Básica e Secundária da Chamusca, orçadas em cerca de 4 milhões de euros, arrancaram recentemente com o objetivo de proporcionar às crianças e jovens do concelho melhores condições de aprendizagem, dando aos professores e educadores todas as ferramentas necessárias para que o processo de ensino seja o mais facilitado possível.

wshoppingSlide thumbnail

Durante as obras de requalificação as aulas irão decorrer normalmente, sendo que à medida que a intervenção nos blocos vai ficando concluída, os alunos vão sendo instalados nas salas de aulas requalificadas, permanecendo outros nos módulos, devidamente climatizados, colocados para o efeito.

wshoppingSlide thumbnail

Para além de toda a intervenção na envolvente exterior (substituição das caixilharias em alumínio com corte térmico e vidro duplo, aplicação de isolamento térmico, pelo exterior, em todas as paredes que contactam com o exterior ou substituição do revestimento da cobertura por material com propriedades térmicas) e espaços sociais, esta obra de requalificação vai permitir criar um auditório em edifício autónomo devidamente dimensionado para uma escola desta tipologia. Refira-se que a morfologia do conjunto edificado existente se mantém, sendo que apenas o Bloco C sofrerá uma ampliação pontual para viabilizar o refeitório e a cozinha de dimensão compatível com a população escolar existente.

A vice-presidente e vereadora com o pelouro da Educação da Câmara Municipal da Chamusca, Cláudia Moreira, refere que a educação é um pilar estratégico de atuação da autarquia, que vem de há vários anos, em prol de um futuro melhor para as crianças e jovens do concelho.

“No nosso município, a educação é um pilar de desenvolvimento muito estruturante e é neste sentido que procuramos investir cada vez mais, quer seja nas infraestruturas ou em projetos completamente inovadores para as nossas crianças e jovens, com o objetivo de que cresçam realizados, felizes e com as competências necessárias para serem agentes transformadores da nossa comunidade”, diz a autarca.

Cláudia Moreira acrescenta que “ remodelação e requalificação da Escola Básica e Secundária da Chamusca vem fechar o ciclo daquilo que têm sido as grandes intervenções do município nas escolas do concelho, de que é exemplo a requalificação do parque escolar de 1º ciclo e de ensino pré-escolar em todo o concelho, no ano letivo de 2015-2016, em que foi feita a climatização das salas, a repavimentação dos espaços exteriores ainda em areia e a colocação de telheiros para abrigo da chuva”, intervenções que “demonstram a preocupação do executivo municipal e o foco numa educação de qualidade acessível a todos”.

Os trabalhos de requalificação e remodelação deverão estar concluídos durante o próximo ano letivo (2023/2024). Dos 4 milhões de euros, um pouco mais de um milhão será comparticipado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), enquanto o Ministério da Educação será responsável por cerca de 700 mil euros.