Um grupo de alunos de três escolas do distrito de Santarém entregou aos eleitos do partido Pessoas-Animais-Natureza (PAN) a “Carta de Corresponsabilização dos Jovens e Manifesto Político”, elaborada no âmbito do projeto “Vamos Cuidar do Planeta”.

wshoppingSlide thumbnail

O documento, entregue por delegações das escolas EB 2/3 Marcelino Mesquita, do concelho do Cartaxo, e as EB 2/3 de Alcanede e de Pernes, ambas no concelho de Santarém, reflete as preocupações ambientas de mais de 3.600 alunos do ensino básico da rede “Vamos Cuidar do Planeta”, e é fruto de um trabalho exaustivo durante o ano letivo 2020/2021.
A carta foi entregue por alunos e professores que participaram no projeto, numa delegação que contou também com a presença do presidente da Associação Portuguesa de Educação Ambiental (ASPEA), Joaquim Ramos Pinto, e a gestora do “Vamos Cuidar do Planeta”, Carolina Varela.
A Carta de Corresponsabilização e Manifesto Político “é o resultado do trabalho de um grupo muito alargado de jovens, que em conjunto, e distribuídos pelas diferentes escolas, trabalharam na exploração da reutilização e eficiência dos recursos disponíveis, para irem sempre de encontro a um comportamento ambientalmente responsável e socialmente justo”, explica uma nota de imprensa da ASPEA.
O documento “pretende assumir aquilo a que estes jovens se comprometem e o que exigem dos representantes políticos e instituições, para que sejam definidas políticas e encontradas práticas com mais rapidez e eficiência, perante a crise ambiental que atravessamos”, acrescenta a mesma fonte.
A ASPEA é uma organização não-governamental de ambiente (ONGA), fundada em 1990, que conta já com 30 anos de experiência na sensibilização ambiental, formação e capacitação, consultoria e desenvolvimento de projetos e programas de educação ambiental em diversas temáticas do ambiente e sustentabilidade.