PUB

chamusca paulo betti

PUB

cms generico

O Agrupamento de Escolas Dr. Ginestal Machado iniciou este ano letivo o projeto internacional “Our Heritage Unites Us”, no âmbito do programa Erasmus+ (KA2 – Cooperação para a Inovação e Intercâmbio de Boas Práticas), com a duração de dois anos, e que conta com a participação de escolas de cinco países: Itália, Inglaterra, Estónia, Turquia e Portugal.

Slide thumbnail

O principal objetivo deste projeto é unir os povos através da cultura, preparar os alunos do primeiro ciclo para uma sociedade em permanente mudança, onde as particularidades culturais nos enriquecem como seres humanos.

Este ano letivo estão previstos três encontros internacionais, na Estónia, na Inglaterra e em Portugal, onde o projeto foi recebido com entusiasmo pela turma do 4ºB da Escola Básica do Sacapeito, em Santarém, e pelos seus Encarregados de Educação.

A coordenadora do projeto e professora da turma, Carla Lopes, refere que, para a maioria destes alunos, esta “é primeira viagem para outro país”, e “foi com entusiasmo, muita curiosidade e responsabilidade, que todos os alunos da turma pesquisaram e organizaram informação para elaborarem logótipos, cartões de Natal, folhetos sobre a forma de celebrar datas especiais na escola e folhetos sobre a cidade de Santarém, para partilharem com os alunos das escolas parceiras.”

A primeira mobilidade decorre de 8 a 14 de dezembro, na Estónia. As professoras Carla Lopes e Filomena Reis acompanham as alunas Carmo Cunha, Constança Duarte, Maria Ferreira e Matilde Cardoso.

Para o diretor do agrupamento, António Pina Braz, e para a coordenadora de projetos, Cristina Ferreira da Silva, é gratificante dinamizar projetos que permitam o crescimento salutar dos nossos alunos.

“Este projeto, em particular, é um enorme desafio, uma vez que envolve alunos tão novos, que terão oportunidade de descobrir e aprender, em contexto, as semelhanças e diferenças que têm com os colegas dos países envolvidos, quer em termos culturais/educativos, quer em termos do quotidiano familiar, uma vez que ficarão alojados nas casas dos colegas dos países acolhedores”, pode ler-se numa nota enviada à Rede Regional.



PUB

PUB

PUB

Rede Regional

Slide backgroundSlide thumbnail

PUB

Quem está Online?

Temos 448 visitantes e 0 membros em linha