cartaxosecundariacoberturaescola

A escola secundária do Cartaxo aproveitou a interrupção letiva do Natal para remover as várias placas de fibrocimento que serviam de cobertura nos corredores exteriores do estabelecimento, e que foram substituídas por material alveolar sem qualquer risco para a saúde pública.

A intervenção teve um custo de cerca de 23 mil euros, e foi autorizada pela Direção-Geral de Planeamento e Gestão Financeira do Ministério da Educação.

Além da remoção do fibrocimento, a secundária do Cartaxo aproveitou as férias para substituir também o pavimento do pavilhão desportivo, que agora oferece melhores condições para as aulas de educação física e para outras atividades desportivas que acolhe.

Este investimento, que rondou os 11 mil euros, foi autorizado por despacho da Direção Geral dos Estabelecimentos Escolares.