PUB

chamusca paulo betti

PUB

cms generico

Preocupada com o elevado número de consumidores que desconhece os vinhos que bebe, a Comissão Vitivinícola Regional (CVR) do Tejo decidiu apostar na formação e vai, pela primeira vez, organizar um curso de vinhos de nível I, destinado a principiantes de todo o país que queiram iniciar-se na enologia.

“Por ser uma herança cultural e por ser fruto de árduo trabalho, o vinho é um produto demasiado digno e não deve ser consumido de uma maneira inconsciente, mas antes com sabedoria e conhecimento – há que formar e informar!”, explica José Pinto Gaspar, presidente da CVR Tejo.

O mesmo responsável diz que é habitual os consumidores terem uma ideia errada sobre as temperaturas a que o vinho deve ser bebido e há até quem tenha a ideia de que o vinho branco não é “vinho”. Por outro lado, demonstram, com frequência, uma grande curiosidade em saber, por exemplo, como pegar correctamente no copo, ou como relacionar os vinhos com as iguarias.

“Hoje as mentalidades já são diferentes e, cada vez mais, o consumidor gosta de saber o que está a beber, sendo que muitas vezes esse é o tema de conversa à mesa, pois quando se trata de um bom vinho, há muito que contar sobre o que está dentro da garrafa”, conclui José Pinto Gaspar.

Denominado “Saber Viver o Vinho”, o curso de nível I que a CVR Tejo vai organizar terá lugar nas suas instalações, em São Pedro, Santarém, no dia 21 de Janeiro, entre as 10h00 e as 14h00 (inclui almoço). Em datas ainda por definir, a Comissão vai dar continuidade a esta iniciativa, estando já prevista a repetição do curso de nível I e a realização de um curso de nível II.

A aprovação de 47 projectos candidatados a fundos do Programa Nacional de Desenvolvimento Rural (ProDeR) vai permitir criar um total de 53 postos de trabalho e gerar um volume de investimento de 5 milhões de euros nos concelhos de Abrantes, Constância e Sardoal.

O órgão de gestão da Associação para o Desenvolvimento Integrado do Ribatejo Interior (TAGUS) deu parecer favorável a 57 das 71 candidaturas apresentadas neste segundo concurso, mas não teve dotação financeira para aprovar 10 dos projectos, que transitam automaticamente para o concurso seguinte a fundos da Abordagem LEADER 7.13.

Com 28 vistos favoráveis, Abrantes é o concelho onde mais projectos foram aprovados, seguido por Constância, com 11, e o Sardoal, com oito.

Dos cerca de cinco milhões de investimentos previstos, aproximadamente três milhões serão financiados pelo ProDer, segundo uma nota de imprensa da TAGUS. Segundo a mesma fonte, 22 projectos foram aprovados no eixo “diversificação da actividade económica e criação de emprego”, o que vai gerar 32 postos de trabalho directos e 2,9 milhões de euros de investimento, ao passo que os restantes 25 foram aprovados no âmbito da acção “promoção da qualidade de vida das populações”, onde vão ser aplicados os restantes 2,1 milhões de euros e criados 21 empregos. “A entrega dos contratos de financiamento está marcada para dia 6 de Fevereiro”, acrescenta a mesma nota.

12 instituições da região já iniciaram o seu processo de certificação da qualidade através da Associação Empresarial da Região de Santarém. O principal objectivo é dotar as instituições com os níveis de qualificação da Segurança Social, melhorando a gestão organizacional e rentabilizando os tempos de resposta.

Fundação José Relvas, Sta. Casa Misericórdia Sardoal, CRIB, Sta Casa Misericórdia Mação, Fundação Dr. Agostinho Albano Almeida, Centro Dia – Casa Idosos S. José Matas, Centro Educativo e de Solidariedade Social EZN da Fonte Boa, Santa Casa da Misericórdia de Tomar, Centro Solidariedade Social Nª Sra. Dores de Ortiga, Centro de Bem Estar Social de Glória do Ribatejo, Fundação Antero Gonçalves – Lar Margarida Gonçalves + Lar 3.ª Idade Envendos, são as entidades do distrito que estão a ser acompanhadas pela Nersant, que se encontra a preparar e implementar o sistema de gestão da qualidade em cada entidade a partir dos manuais da Segurança Social.

As entidades da região interessadas em aderir ao projecto de implementação do sistema de gestão da qualidade ainda o podem fazer, bastando para tal contactar a Nersant através do número 249 839 500 ou do e-mail Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar..

Mais artigos...

PUB

PUB

Rede Regional

Slide backgroundSlide thumbnail

PUB

Quem está Online?

Temos 676 visitantes e 0 membros em linha