PUB

chamusca covid continua

PUB

banner cms juntos


Com o objectivo de superar os 15 mil visitantes registados na última edição, em 2010, a Agroglobal – Feira do Milho e das Grandes Culturas tem em exposição o melhor do mundo agrícola nos dias 5 e 6 de Setembro, nos campos da lezíria de Valada do Ribatejo, concelho do Cartaxo.

A feira, que conta já com um número recorde de mais de 180 expositores, é sobretudo um grande ponto de encontro entre os profissionais de todas as áreas da actividade agrícola, com destaque para as culturas de sequeiro e cereais.

Este ano, o certame pretende dar ênfase à modernização da agricultura portuguesa, contando com as mais recentes novidades em termos de maquinaria agrícola, equipamentos, produtos e serviços de toda a cadeia do agro negócio.

A feira decorre em espaço aberto e um dos seus principais pontos de interesse reside na possibilidade permitir a realização de demonstrações ao vivo, nos cerca de 200 hectares do Mouchão da Fonte Boa, em Valada, que foram preparados para o efeito.

No que se refere à parte dos debates e conferências, destaque para a mesa redonda “o que tem a agricultura para dar aos portugueses”, que se realiza na quarta-feira, dia 5, às 12 horas, com António Borges e Ferreira do Amaral como oradores.


Presuntos, salpicões, chouriças, morcelas, paios, farinheiras, toucinhos, alheiras, bolas de carne e recheados maranhos e bucho, entre outras especialidades, vão ser alguns dos produtos típicos em destaque na 6.ª Feira Nacional do Fumeiro, Queijo e Pão, que se realiza entre os dias 21 e 23 de Setembro, inserida nas festas do concelho de Sardoal de 2012.

Além dos enchidos, o certame coloca também à disposição dos visitantes queijos de várias regiões do país, pão de trigo e centeio cozido em forno de lenha, vinhos premiados internacionalmente, compotas, marmeladas e bolos na Praça Nova, local onde vai decorrer esta iniciativa da Câmara do Sardoal e da Associação de Desenvolvimento TAGUS – Ribatejo Interior.

A feira vai contar com expositores vindos de Seia, Cabeceiras de Basto, Palmela, Vila Velha de Ródão, Mirandela, Vila de Rei, Abrantes e Sardoal, entre outras localidades com tradição no fumeiro, e terá ainda espaços de artesanato do Sardoal com leques de palhas, retalhos, cestaria, linho, trapilho e tecelagem.

As refeições serão garantidas pelo GETAS, o grupo local de teatro, que terá uma tasquinha em funcionamento durante todo o certame gastronómico.


A nova estação de tratamento de águas (ETA) de Alpiarça deverá estar em funcionamento no primeiro trimestre de 2013, juntamente com o novo reservatório da vila e os sistemas de abastecimento para abastecer Alpiarça, Casalinho, Frade de Baixo, Frade de Cima e Gouxaria.

A construção da nova ETA “justifica-se com a necessidade de eliminar alguns metais que aparecem com frequência na actual captação, que será eliminada após a entrada em funcionamento dos novos sistemas”, explica um comunicado de imprensa da empresa intermunicipal.

A empreitada, orçada em cerca de 500 mil euros, já se iniciou junto ao reservatório, entre as piscinas municipais e a barragem dos Patudos.

No que diz respeito ao abastecimento de água, a Águas do Ribatejo já construiu três novas captações (uma no Frade de Cima e duas em Alpiarça), três estações elevatórias em Alpiarça, e três novos reservatórios (Casalinho, Fazendas de Almeirim, que abastece o Frade de Cima e Alpiarça), e criou uma nova rede de condutas com cerca de 24 quilómetro de extensão, que atravessa também o concelho vizinho de Almeirim.

Este investimento, segundo a mesma nota, ronda os 4 milhões de euros e visa não só melhorar a qualidade da água e do abastecimento, mas também garantir reservas que permitam servir 95 % da população durante 48 horas, em caso de avaria nos furos de captação ou nos actuais reservatórios.

Mais artigos...

PUB

PUB

PUB

PUB

Scalhidraulica

PUB

Quem está Online?

Temos 759 visitantes e 0 membros em linha