PUB

chamusca covid

PUB

cms fiqueemcasa

Economia

A empresa intermunicipal Águas do Ribatejo iniciou esta segunda-feira, 21 de outubro, em Samora Correia, a empreitada de construção de 23 quilómetros de rede de saneamento e sete estações elevatórias no concelho de Benavente.

As intervenções, com um custo de 1.690.057,90 euros, são financiadas por fundos comunitários e por capital da empresa, e o prazo de execução previsto é de 150 dias, prevendo-se que a obra termine no segundo trimestre de 2014.

A obra inclui a construção de parte da rede de saneamento na localidade dos Arados, Samora Correia; a expansão das redes na Barrosa, Porto Alto e Samora Correia; e a remodelação das redes mais antigas nos aglomerados urbanos de Benavente e Samora Correia.

A construção das novas redes exclusivamente para águas residuais vai permitir aproveitar as redes existentes para as águas pluviais, eliminando os esgotos unitários (com águas dos esgotos e das chuvas) que subcarregam as Estações de Tratamento de Águas Residuais (ETAR).

A empreitada será realizada pela empresa Protecnil  Sociedade Técnica de Construções SA, com sede em Porto Alto, Município de Benavente. "Desta forma, o projeto contribui para o desenvolvimento económico  da região e para a criação de emprego", justifica a Águas do Ribatejo, que garante tudo fazer para minimizar os incómodos causados pelas obras nos próximos cinco mees.



PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

ctx covid 19

PUB

Quem está Online?

Temos 543 visitantes e 0 membros em linha