PUB

chamusca covid

PUB

banner cms vamostodosficarbem

Economia

A Associação Empresarial da Região de Santarém (Nersant) está a estudar novos mercados externos para fomentar a internacionalização das empresas do distrito, e a última chamada de atenção vai para as oportunidades de negócio em Moçambique.

O estudo identificou os bens de consumo (em particular os produtos alimentares e bebidas); as confecções e têxtil-lar; o turismo; a educação e saúde; o sector primário e agro-indústrial; e o sector da construção como os que podem potenciar as melhores oportunidades de negócio no mercado moçambicano.

O mesmo estudo revela que as ligações históricas e culturais facilitam bastante a entrada de produtos portugueses neste mercado. Por outro lado, as marcas nacionais são reconhecidas e usufruem de uma imagem de produtos de qualidade, o que constitui, antecipadamente, uma vantagem para as empresas portuguesas.

A Nersant defende também a aposta em Moçambique para as empresas que queiram expandir-se para países da África Austral, uma vez que constitui uma excelente plataforma logística e comercial para países sem linha de costa como a Zâmbia, Botswana, Malawi ou Zimbabwe, servindo também como porta de entrada para a África do Sul.

A Associação está também a efetuar outros estudos em mercados como a França, Espanha, Angola e Brasil.



PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

ctx covid 19

PUB

Quem está Online?

Temos 549 visitantes e 0 membros em linha