Economia


A nova estação de tratamento de águas (ETA) de Alpiarça deverá estar em funcionamento no primeiro trimestre de 2013, juntamente com o novo reservatório da vila e os sistemas de abastecimento para abastecer Alpiarça, Casalinho, Frade de Baixo, Frade de Cima e Gouxaria.

A construção da nova ETA “justifica-se com a necessidade de eliminar alguns metais que aparecem com frequência na actual captação, que será eliminada após a entrada em funcionamento dos novos sistemas”, explica um comunicado de imprensa da empresa intermunicipal.

A empreitada, orçada em cerca de 500 mil euros, já se iniciou junto ao reservatório, entre as piscinas municipais e a barragem dos Patudos.

No que diz respeito ao abastecimento de água, a Águas do Ribatejo já construiu três novas captações (uma no Frade de Cima e duas em Alpiarça), três estações elevatórias em Alpiarça, e três novos reservatórios (Casalinho, Fazendas de Almeirim, que abastece o Frade de Cima e Alpiarça), e criou uma nova rede de condutas com cerca de 24 quilómetro de extensão, que atravessa também o concelho vizinho de Almeirim.

Este investimento, segundo a mesma nota, ronda os 4 milhões de euros e visa não só melhorar a qualidade da água e do abastecimento, mas também garantir reservas que permitam servir 95 % da população durante 48 horas, em caso de avaria nos furos de captação ou nos actuais reservatórios.