Economia

O distrito de Santarém é o terceiro do país onde as casas são mais baratas. A conclusão é do barómetro “Crédito Habitação 2020”, do comparador de empréstimo para comprar casa, ComparaJá.pt, que conclui que 33,3% das casas compradas nesta região custaram até 74.999 euros, encontrando-se apenas abaixo dos distritos de Castelo Branco (34,8%) e de Portalegre (39,5%).

Slide thumbnail

Em Santarém foram apenas solicitados 2,7% de financiamentos para imóveis com valores superiores a 225 mil euros, ao passo que tanto em Castelo Branco como em Portalegre, se observa uma maior preponderância na aquisição de casas acima deste montante (7,2% e 4,9%, respetivamente).

Por outro lado, a oferta de Santarém é bem mais atrativa comparando com a maioria das cidades, tais como Lisboa e Faro, onde apenas 11% das casas compradas têm preços tão acessíveis (até 75.000 euros).

Voltando aos valores e compra, se um terço dos imóveis custa menos de 75 mil euros, 30,6% custam entre 75 mil e 125 mil euros e 26,2% custam entre 125 mil e 175 mil euros. Apenas 9,7% custam mais que 175 mil euros.