PUB

banner chamusca alice adiado

PUB

banner cms riscos

Economia

Contrariando uma tendência de decréscimo no número de empresas criadas no distrito de Santarém, o mês de junho terminou com a criação de um total de 84 novas empresas na região, número que supera o mês de junho de 2018 em que foram criadas 79 empresas, e também de junho de 2019, mês em que foram constituídas 63 novas sociedades.

Slide thumbnail

O concelho de Santarém liderou o dinamismo empreendedor no distrito, com 16 novas sociedades constituídas. Seguem-se os concelhos de Rio Maior com 8 novas empresas, Abrantes e Benavente com 7 empresas cada. Almeirim, Ourém e Tomar registaram 6 novas empresas cada um. Na lista dos concelhos com mais empresas criadas constam os concelhos de Salvaterra de Magos (5), Coruche e Torres Novas (4 cada), Ferreira do Zêzere (3), Alcanena, Cartaxo, Entroncamento e Vila Nova da Barquinha (2 empresas cada), Chamusca, Constância, Golegã e Mação (1 cada).

Segundo a NERSANT – Associação Empresarial da Região de Santarém, apenas 19 empresas têm mulheres como sócios-gerentes, sendo a maioria (77%) das novas empresas foram criadas por homens. A média do capital social das empresas criadas em junho foi de 7.151,49€.

Por setores de atividade, destacam-se o comércio a retalho e a compra e venda de bens imobiliários (com 5 empresas cada), as atividades dos serviços relacionados com a agricultura, o comércio de veículos automóveis ligeiros, o comércio por grosso de outros produtos alimentares, restaurantes tipo tradicional, as aAtividades de contabilidade e auditoria, consultoria fiscal, outras atividades de consultoria para os negócios e a gestão - todas com 4 novas empresas cada uma. Seguem-se a construção de edifícios (residenciais e não residenciais) e os restaurantes (inclui atividades de restauração em meios móveis) com 3 novas empresas cada.



leziria startup

 

Slide backgroundSlide thumbnail

PUB

PUB

Scalhidraulica

Quem está Online?

Temos 598 visitantes e 0 membros em linha