Economia


A Associação para o Desenvolvimento Integrado do Ribatejo Interior (TAGUS) vai realizar quatro sessões de esclarecimento em relação a fundos comunitários que estão disponíveis através do Programa de Desenvolvimento Rural (ProDeR) de 2012, e que totalizam cerca de 3 milhões de euros para apoiar projectos de investimento nos concelhos de Abrantes, Constância e Sardoal.

As sessões de apresentação vão decorrer entre os dias 23 e 26 de Julho, sempre às 18 horas, no edifício INOV.POINT, no Tecnopolo do Vale do Tejo, em Abrantes. Segundo uma nota de imprensa da TAGUS, a primeira será dedicada aos grupos etnográficos e às associações culturais, sociais e desportivas.

No dia 24, será a vez dos agricultores, seguindo-se os comerciantes e empresas de prestação de serviços no dia seguinte, e os empresários no dia 26, a fechar o ciclo de sessões de esclarecimento.

Esta acção da TAGUS surge na sequência do lançamento do novo aviso de abertura de concurso aos apoios comunitários, que foi feito no passado dia 12 de Julho, nos Claustros do Convento de S. Domingos, em Abrantes. As candidaturas arrancaram no dia 16 e estão abertas até dia 17 de Setembro.

Segundo Pedro Saraiva, o coordenador técnico da TAGUS, os cerca de três milhões de euros estão disponíveis para apoiar microempresas e associações que tenham “projectos inovadores e revitalizadores do mundo rural, e que tragam novos, mais e melhores serviços à população e mais emprego à região”

O ProDer pode trazer à região um investimento total de mais 5 milhões de euros, explica a TAGUS, que prevê que, no concurso deste ano, surjam entre sete a 10 novas empresas, e um apoio concreto para outros 20 a 30 projectos empresariais.