PUB

chamusca ja te dou o arroz

PUB

insantarem

Economia

A Estação Zootécnica Nacional, situada na Fonte Boa, no Vale de Santarém, vai finalmente acolher o Centro de Excelência para a Agricultura e a Agroindústria (CEAAI). O investimento, no valor de 5,2 milhões de euros, já foi aprovado e tem como objetivo fomentar a investigação e o desenvolvimento tecnológico nos sectores agropecuário, agroalimentar e agrícola e valorizar a transferência de avanços cientifico-tecnológicos, maximizando a colaboração entre entidades públicas e privadas.

Slide thumbnail

O protocolo de cooperação estava assinado desde 2015, numa parceria entre a Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo (CIMLT), a Câmara Municipal de Santarém, o Agrocluster/NERSANT, o Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária (INIAV), o Instituto Politécnico de Santarém e a Universidade de Lisboa, mas só foi aprovado na semana passada pelo Programa Operacional do Alentejo.

O CEAAI consiste na recuperação, capacitação e expansão da infraestrutura tecnológica da Estação Zootécnica Nacional, que permitirá a valorização e transferência de tecnologia para os setores agropecuário e agroindustrial, de forma a reunir conhecimentos ecompetências especializadas, alojar empresas inovadoras, dinamizar eventos de divulgação, dotando-o de mais emelhores valências e competências no suporte tecnológico e laboratorial ao desenvolvimento e exportações.

O centro surge em resposta ao diagnóstico realizado, pela CIMLT, no seu Plano Territorial Integrado Lezíria 2020, que identificou, como uma das fraquezas, a insuficiente rede de infraestruturas I&D e centros tecnológicos e, como oportunidades, o alargamento das cadeias de valor da agricultura, à agroindústria e às indústrias alimentares e a aposta no reforço das infraestruturas tecnológicas atuais.

AUTARCAS SATISFEITOS
A aprovação do CEAAI deixou os autarcas da região bastante satisfeitos. O presidente da Câmara de Santarém, Ricardo Gonçalves, defende que este é "um projeto muito importante não só para a região mas para todo o país".

O autarca revela que a autarquia acrescenta que o projeto "é estruturante" para a região e espera mesmo que seja "o renascer da Fonte Boa", pelo que a autarquia irá entrar no investimento com cerca de 300 mil euros.

"É um projeto diferenciador que vai trazer muitas pessoas qualificadas e muita massa cinzenta ao concelho", completa.

Já o presidente da Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo, Pedro Ribeiro, considera que "esta é uma grande noticia, um investimento de excelência, a pensar nas empresas e no seu desenvolvimento cientifico".

"[É] o recuperar de um local emblemático do Ribatejo. Um investimento para uma região, sem pensar em "quintinhas". Uma parceria com muitas entidades onde muitos se envolveram", comenta Pedro Ribeiro, destacando o esforço de António Torres, Primeiro-Secretário da CIMT.

MAIS DE 4 ANOS À ESPERA
A formalização do CEAAI foi feita através da assinatura de um memorando de entendimento entre as várias entidades, em 18 de Dezembro de 2014. Estas mesmas entidades assinaram posteriormente, a 23 de Abril de 2015, um protocolo de cooperação, que constitui o documento de referência para o CEAAI.

OOs objetivos específicos visarão a produção e transferência de conhecimento nas áreas: Produção de alimentos (Valorização dos processos de produção vegetal e animal, incluindo subprodutos da agroindústria e outros recursos locais); Tecnologia, Qualidade e Segurança Alimentar (Melhoria da qualidade e segurança dos alimentos de origem vegetal e animal, incluindo o desenvolvimento de procedimentos de transformação e conservação); Recursos Genéticos Animais (Melhoramento e conservação das raças autóctones); Eficiência industrial (incluindo a energética, aumento da eficiência e capacidade industrial);Valorização de efluentes, subprodutos e resíduos agroindustriais(Valorização e solução de problemas ambientais, pela integração destes produtos na cadeia de valor).



banner comer em casa

 

PUB

PUB

Rede Regional

Slide backgroundSlide thumbnail

PUB

PUB

salvaterra jornadas cultura

PUB

Quem está Online?

Temos 500 visitantes e 0 membros em linha