Economia

A nova relva do Estádio do Dragão, no Porto, nasceu nos campos do Ribatejo. Nas próximas três madrugadas (terça, quarta e quinta-feira), 14 camiões frigoríficos vão transportar os cerca de dez mil metros quadrados de relva necessária para colocar um novo tapete no estádio do FC Porto.

A relva foi produzida nos viveiros da empresa Vasverde, de Benfica do Ribatejo, concelho de Almeirim. A empresa está a apostar neste tipo de negócio, que atualmente já representa cerca de 10 por cento da sua faturação, mas que os responsáveis da firma querem duplicar até ao final do ano.

No site da empresa pode ficar a saber-se que entre os seus clientes estão clubes como Sport Lisboa e Benfica, Real Madrid CF e FC Barcelona, entre outros. “A Sitoflor by Vasverde oferece uma relva natural, acondicionada em rolos prontos a usar. Os relvados são obtidos a partir de misturas de gramíneas seleccionadas e testadas durante 1 ano nos seus viveiros em que os terrenos com composição arenosa a pelo menos 95% oferecem condições ideais de permeabilização assim como facilitam o enraizamento após colocação.