PUB

banner chamusca covid mata

PUB

nersant business +2

PUB

cms covid 2021b

PUB

clickaporta

O atual presidente da Associação de Futebol de Santarém (AFS), Rui Manhoso, vai deixar o comando do organismo que tutela o futebol distrital. Segundo o Rede Regional conseguiu apurar, o anúncio deverá ser feito esta segunda-feira à noite, 12 de Dezembro, numa cerimónia a realizar na sede da AFS.

A saída vai acontecer depois de Rui Manhoso, que dirige a Associação de Futebol de Santarém há 24 anos, ter sido eleito na tarde deste sábado, 10 de dezembro, para a Federação Portuguesa de Futebol (FPF), integrado na lista de Fernando Gomes, que venceu as eleições e será o próximo presidente da FPF.

Os novos órgãos sociais da federação tomarão posse daqui a uma semana, a 17 de dezembro, o que faz com que os eleitos, incluindo Rui Manhoso, tenham de deixar os cargos desportivos a que pertencem.

Fonte ligada o processo disse ao Rede Regional que com a saída de Rui Manhoso terão de ser convocadas eleições antecipadas para a Associação de Futebol de Santarém, cenário que deverá ser esclarecido na segunda-feira na entrega de coletes para treinos destinados a todas as equipas que na presente época participam em provas de âmbito distrital e nacional. A referida cerimónia terá lugar às 21h00, na sede da AFS, em Santarém, altura em que será também assinalado o 87º aniversário da instituição

Nas eleições de hoje para a Federação Portuguesa de Futebol, a Lista de Fernando Gomes e Rui Manhoso venceu a de Carlos Marta por 46 votos contra 36. José Luís Arnaut foi ainda eleito presidente da assembleia geral e Manuel Serra passa a presidir o Conselho de Justiça.

Herculano Lima é o novo presidente do Conselho de Disciplina e Vítor Pereira o líder do Conselho de Arbitragem. Para o Conselho Fiscal, foi eleito Ernesto Ferreira da Silva.

António Melão foi reeleito esta quarta-feira, 7 de dezembro, presidente da Associação Académica de Santarém. O atual presidente liderava a lista única à direção da “Briosa” Scalabitan, que foi eleita por unanimidade pelas duas dezenas de sócios presentes.

A lista mantém a esmagadora maioria dos atuais dirigentes, apresentando apenas duas alterações em relação àquela que tem lidrado o clube nos últimos dois anos.

Carlos Noronha mantêm-se como presidente da Assembleia Geral e Afonso Severo como líder do Conselho Fiscal.

Continuar a consolidação financeira iniciada há quase dois anos é o grande objetivo para o próximo ano. Em 2010 o clube devia cerca de 40 mil euros, número que agora está em cerca de metade, sendo que a Câmara de Santarém deve ao clube 33 mil euros respeitantes aos subsídios de 2008 (parte) e 2009 (totalidade).

A estas verbas há ainda a acrescentar os valores respeitantes a 2010 e 2011, cujos protocolos ainda não foram assinados mas que fazem com que os responsáveis do clube estimem ter direito a receber uma verba acima dos 70 mil euros.

Em declarações ao Rede Regional, António Melão referiu ainda que a dívida de 20 mil euros é sobretudo a treinadores mas como a maior parte deles se mantém no clube, há um acordo para que o pagamento seja feito apenas quando a autarquia transferir as verbas em atraso.

No capítulo desportivo, a ambição da lista de continuidade é deixar as três equipas de futebol de 11 (juniores, juvenis e infantis) nos campeonatos nacionais e manter ou melhorar o trabalho de formação nas restantes. Atualmente a Académica tem 16 equipas em competição num total de cerca de 300 jovens praticantes.

Mais difícil é a melhoria das instalações, um sonho que continua adiado, apesar do salto qualitativo que se verificou com a colocação da relva sintética no campo da Escola Superior Agrária, com quem a atual direção, se for reeleita, quer aprofundar as relações.

Aumentar a utilização da sede e o rácio de sócios pagantes são outros objetivos. Refira-se que dos 1300 sócios em ficheiro, apenas 40 % pagam regularmente as suas cotas.

António Melão deverá ser reconduzido esta quarta-feira, 7 de dezembro, como responsável máximo da Associação Académica de Santarém. O atual presidente encabeça a lista única à direção da “Briosa” Scalabitana e se até às 21h30 (hora do início da Assembleia Geral) não aparecer nenhum outro candidato, a reeleição é um dado adquirido.

A lista de António Melão mantém a esmagadora maioria dos atuais dirigentes, apresentando apenas duas alterações em relação àquela que em Fevereiro de 2010 venceu as últimas eleições, derrotando a anterior direção, liderada por Vítor Farinha. Carlos Noronha e Afonso Severo mantêm-se como candidatos à Assembleia Geral e Conselho Fiscal, respetivamente.

Continuar a consolidação financeira iniciada há quase dois anos é o grande objetivo para o próximo ano. Em 2010 o clube devia cerca de 40 mil euros, número que agora está em cerca de metade, sendo que a Câmara de Santarém deve 33 mil euros respeitantes aos subsídios de 2008 (parte) e 2009 (totalidade).

A estas verbas há ainda a acrescentar os valores respeitantes a 2010 e 2011, cujos protocolos ainda não foram assinados mas que fazem com que os responsáveis do clube estimem ter direito a receber uma verba acima dos 70 mil euros.

Em declarações ao Rede Regional, António Melão referiu ainda que a dívida de 20 mil euros é sobretudo a treinadores, mas como a maior parte deles se mantém no clube, há um acordo para que o pagamento seja feito apenas quando a autarquia transferir as verbas em atraso.

No capítulo desportivo, a ambição da lista de continuidade é deixar as três equipas de futebol de 11 (juniores, juvenis e infantis) nos campeonatos nacionais e manter ou melhorar o trabalho de formação nas restantes. Atualmente a Académica tem 16 equipas em competição num total de cerca de 300 jovens praticantes.

Mais difícil é a melhoria das instalações, um sonho que continua adiado, apesar do salto qualitativo que se verificou com a colocação da relva sintética no campo da Escola Superior Agrária, com quem a atual direção, se for reeleita, quer aprofundar as relações.

Aumentar a utilização da sede e o rácio de sócios pagantes são outros objetivos. Refira-se que dos 1300 sócios em ficheiro, apenas 40 % pagam regularmente as suas cotas.

As eleições para os Órgãos Sociais da Associação Académica de Santarém realizam-se às 21h30 desta quarta-feira, 7 de dezembro, na Sede da “Briosa”, na Travessa das Condinhas, nº4. Se à hora marcada não estiverem na sala a maioria absoluta dos sócios, a Assembleia Geral inicia-se às 22h00, com os associados presentes.

Mais artigos...

PUB

PUB

Scalhidraulica

PUB

Aguas Ribatejo Atendimento 012 222

Quem está Online?

Temos 1131 visitantes e 0 membros em linha