PUB

banner chamusca covid mata

PUB

nersant business +2

PUB

cms covid 2021b

PUB

clickaporta

Sete jogos, sete vitórias, 37 golos marcados e apenas sete sofridos. É com estes números que se vai escrevendo a superioridade do Grupo de Futsal de Achete (GFA), que lidera isolado a série B do Campeonato Distrital de Futsal da Primeira Divisão da Associação de Futebol de Santarém.

Orientada por Bruno Fuzeiro, que no início da época trocou os juniores do São Vicentense, onde foi vice-campeão, pela equipa de Achete, o GFA juntou atletas experientes a jovens de grande valor e, apesar do campeonato ainda estar numa fase inicial, vai liderando invicto, apesar do título não ser, para já, um objetivo primordial.

“É muito prematuro estar a colocar grandes objectivos até porque estamos numa fase de construção da equipa e de reestruturação do clube. Os tempos não são fáceis em termos monetários, dai que os nossos objectivos sejam mais virados para a qualidade do desempenho. Não é objectivo ser campeão distrital mas digo isto porque ainda não temos condições financeiras para disputar a 3ª divisão Nacional e não por não acreditar nos meus atletas. O Objectivo é passar à fase de apuramento de campeão e garantir um lugar na 1ª divisão distrital se esta for criada na próxima época”, referiu Bruno Fuzeiro ao rede Regional.

Apesar da vantagem de três pontos sobre o segundo (Caixeiros) e seis sobre o terceiro (Riachense, com menos um jogo), o treinador no Achete recusa falar em passeios. “Longe disso. Estamos a começar bem, é verdade, mas não está a ser um passeio. Todas as equipas lutam muito e como é normal quando jogam contra o primeiro ainda se motivam mais. Todos querem ser os primeiros a roubar pontos ao Achete”, afirma.

Daqui a duas jornadas o Achete joga com os Caixeiros, segundo classificado. Bruno Fuzeiro reconhece que é uma boa equipa mas considera que CAD Coruche, Riachense e Casa do Benfica da Golegã são sempre equipas a ter em conta e, provavelmente, irão dividir os quatro primeiros lugares. “Não é relevante passar em 1º ou em 4º pois os pontos começam no zero na próxima fase. Mas estamos a lutar para ser primeiros nesta série”, confessa.

Antes de jogar com o segundo, já esta jornada o Achete recebe o São Vicentense, a anterior equipa de Bruno Fuzeiro, onde garante foi “muito feliz” e ganhou títulos e amigos. “Saí porque achámos que era necessário mudar a estrutura do futsal do clube, nomeadamente colocando um elemento na direcção. A direcção de inicio concordou e comecei a preparar a época, mas, infelizmente, na altura das eleições, as coisas mudaram e o que se tinha falado não foi para frente. Achei então que não tinha condições para continuar e saí”, recorda.

O convite do Achete, onde já tinha estado anteriormente, surgiu nessa altura e, ao conseguir garantir que a sua equipa técnica e dois diretores o acompanhasse, resolveu aceitar o convite. “Neste processo tive a felicidade de contar com o apoio dos meus atletas, que também acabaram por vir trabalhar comigo no Achete e acabou por ser uma mudança tranquila”, concluiu Bruno Fuzeiro.



PUB

PUB

Scalhidraulica

PUB

Aguas Ribatejo Atendimento 012 222

Quem está Online?

Temos 681 visitantes e 0 membros em linha