PUB

chamusca jan fev

PUB

cms generico

 PUBaguas santarem app

A Câmara Municipal e o Instituto Politécnico de Santarém (IPSantarém) vão assinar um contrato de arrendamento do espaço desportivo da Escola Superior Agrária (ESAS), que vai permitir ao município requalificar várias instalações desportivas localizadas naquele estabelecimento de ensino.

wshoppingSlide thumbnail

Uma das principais novidades será a recuperação do antigo campo de rugby e da velha pista de atletismo de cinza, um desejo antigo da autarquia e de vários clubes, mas que até agora não tinha sido possível acordar.

Após várias conversas entre Câmara e IPSantarém, que terminaram em acordo, a autarquia aprovou esta segunda-feira, 20 de dezembro, por unanimidade, o contrato de arrendamento que visa a cedência de utilização da zona desportiva do campus da Escola Agrária, permitindo a continuidade dos melhoramentos dos equipamentos desportivos.

Com o acordo, que substitui os antigos protocolos assinados em 2008 e 2013, a autarquia fica autorizada a executar os trabalhos de edificação, alteração, substituição ou remoção de infraestruturas e equipamentos previstos no seu plano de investimento.

Na reunião do executivo desta segunda-feira, o presidente da autarquia, Ricardo Gonçalves, revelou que as verbas a pagar pela câmara serão para a Escola fazer melhorias nas suas infraestruturas, melhorando assim o campus estudantil da Agrária.

O vereador socialista Nuno Domingos aproveitou para salientar a importância da requalificação da pista de atletismo, que considerou "um espaço muito emblemático para a cidade e para a região", cujas obras "já vem atrasadas algumas dezenas de anos" mas que são fundamentais para a prática da modalidade no concelho, onde não existe nenhuma pista de atletismo.

15 anos (renováveis) por 850 mil euros
O contrato de arrendamento é válido por um período inicial de quinze anos, contado a partir da data de assinatura do presente contrato, automaticamente renovado por períodos sucessivos de quinze anos, caso nenhum dos outorgantes proceda à respetiva denúncia.

De acordo com o agora aprovado, a câmara terá de pagar ao IPSantarém um montante mínimo global de 460 mil euros, ao qual acrescerão os valores de investimentos adicionais que venham a ser decididos ao longo do período de duração do contrato. A Câmara pagará ainda a verba anual de 26 mil euros, a serem totalmente investidos no corpóreo edificado da ESAS.

Além da substituição do piso sintético do campo de futebol 11 já existente, a câmara compromete-se a construir um novo campo em relva natural na zona do velho campo de rugby, assim como a construção de uma pista de atletismo em piso sintético (tartan). Os dois espaços terão iluminação e vedação comum, bem como bancada e balneários de apoio.

As obras incluem ainda a requalificação do polidesportivo descoberto adjacente ao ginásio da ESAS, a construção de um circuito de manutenção, a construção de parque de estacionamento junto ao acesso norte, que ter+a uma nova receção para controlo de entradas.



PUB

PUB

scalhidraulica 2021

PUB

Slide backgroundSlide thumbnail

PUB

ipsantarem mestrados

PUB

banner ar

Quem está Online?

Temos 770 visitantes e 0 membros em linha