PUB

banner chamusca covid mata

PUB

nersant business +2

PUB

cms covid 2021b

PUB

clickaporta

Nos últimos seis meses de 2020, o complexo desportivo de Rio Maior foi a base principal da “Missão Europa” do Comité Olímpico Brasileiro, tendo acolhido um total de 166 atletas olímpicos, a que se juntaram 68 diretores e restante staff de apoio, em 13 modalidades.

Slide thumbnail

Os números de balanço foram divulgados pela Desmor, que acrescenta que, no centro de estágios, foram servidos 5.281 almoços e 5.226 jantares, num total de 4027 dormidas.
“Recebemos atletas e equipas de modalidades como o judo, boxe, natação, natação artística, maratonas aquáticas, triatlo, esgrima, ténis, atletismo, lutas e rugby feminino, com a equipa do Brasil a realizar jogos de treino com as seleções de Portugal e Espanha, num dos relvados de treino”, explica uma nota de imprensa da empresa municipal que gere o complexo desportivo de Rio Maior.
“A avaliação que fazemos é muito positiva. Desde que viemos para cá, tivemos objetivos muito claros de proporcionar a melhor estrutura, em segurança, para os atletas”, considerou Marco La Porta, vice-presidente do COB, acrescentando que “os atletas foram muito bem recebidos e sentiram bem acolhidos. Estamos numa fase de incerteza para o próximo ano no Brasil, havendo a possibilidade de voltarmos a Rio Maior”.
Esta opção dos brasileiros pela cidade está a ter continuidade no início de 2021, com a estadia da seleção de andebol, que está a realizar um estágio entre os dias 27 de dezembro e 7 de janeiro, da sua preparação para o campeonato do mundo da modalidade, que se realiza no Egipto, de 13 e 31 de janeiro.

 



PUB

PUB

Scalhidraulica

PUB

Aguas Ribatejo Atendimento 012 222

Quem está Online?

Temos 903 visitantes e 0 membros em linha