PUB

banner chamusca covid mata

PUB

nersant business +2

PUB

cms covid 2021b

PUB

clickaporta

A indústria do comércio online cresceu consideravelmente em 2020, atraindo cerca de 2.05 biliões de consumidores em todo o mundo. De acordo com o distribuidor de comércio digital Oberlo, o volume de vendas realizadas através da Internet deverá ultrapassar os 4 biliões de dólares até ao final do ano, em contraste com os 3.53 triliões de dólares contabilizados em 2019.

Slide thumbnail

O editorial norte-americano Insider Monkey revelou recentemente quais foram os 10 produtos de comércio online mais populares do ano, e o grande destaque vai para a forte preferência por artigos relacionados com o mundo do fitness. Num ano que foi em vários sentidos atípico, o historial dos consumidores online parece apontar para uma preferência pelo exercício físico e pelo desporto, ainda que muitos ginásios tenham sido forçados a facilitar mudanças no seu modelo de negócios.

Exercício físico é cada vez mais popular entre os consumidores
Em Santarém, ginásios como a Fitness Factory investiram na criação de cursos online e em medidas de apoio à cultura local de modo a participar de uma nova realidade. Mas apesar das aparentes dificuldades, a paixão pelo desporto e pelo exercício físico revelou-se cada vez mais forte entre os consumidores de todo o mundo. Fruto de uma era moderna em que as redes sociais são cada vez mais populares e a imagem pessoal adquire cada vez mais valor, as vendas de produtos de fitness dispararam ao longo do ano, sendo que a maior parte dos 10 produtos mais vendidos através da Internet em 2020 se integram na categoria do fitness.
Equipamentos de desporto como halteres, cintas de exercício, tapetes para yoga, ou relógios de monitorização cardíaca foram incluídos no top 10 da Insider Monkey. No quinto e quarto lugar, respetivamente, encontram-se serviços de subscrição de exercícios e garrafas de água de plástico, que são também ideais para a realização de desporto. Mas nem todos os produtos de eleição dos consumidores online estão diretamente relacionados com o fitness. De resto, os dois primeiros lugares do top 10 revelam outro tipo de tendência surpreendente.

Produtos para animais no topo da lista
De acordo com a Insider Monkey, os produtos para animais de estimação foram os líderes do comércio digital em 2020. A facilidade de comprar e receber em casa levou a que milhões de consumidores optassem por adquirir remotamente produtos como comida para animais de estimação, ninhos, ou brinquedos. O surpreendente dado estatístico revela que existe uma preocupação cada vez maior pelo bem-estar dos nossos animais, eles próprios integrados numa série de tendências digitais promovidas pelas redes sociais.
O top 10 da Insider Monkey ficou completou com outros dois tipos de produtos, porventura menos surpreendentes: em sétimo ficaram as capas para telemóvel, que continuam a ser um dos itens mais comprados através da Internet, e em segundo lugar os acessórios para carros, que incluem produtos como assentos, capas para volante, ou bases para copos. Todas as projeções parecem indicar que o comércio digital tem tudo para continuar a crescer em 2021, independentemente do que possa ou não mudar no clima socioeconómico ao longo do ano.

Indústria dos videojogos acompanhou o crescimento do comércio digital
Uma das indústrias que ganhou mais destaque em 2020 foi a indústria dos videojogos. O sector já se encontrava entre os mais lucrativos do mundo em 2019, avaliado em mais de 40 biliões de dólares. Mas estima-se que ao longo de 2020 o mercado dos videojogos tenha crescido pelo menos 17 biliões, ultrapassando de modo considerável indústrias como a do cinema ou das transmissões desportivas.
Em Portugal, registou-se um crescimento notável na popularidade dos jogos online, e dos jogos de sorte e azar em particular. Durante o primeiro trimestre do ano, a indústria dos jogos de sorte e azar online esteve na origem de um investimento próximo dos 70 milhões de euros. Os números foram facilitados por um cada vez maior número de consumidores, muitos deles com menos de 35 anos, e que cada vez mais tentam a sorte através de serviços de apostas desportivas ou casino online.
O poker também participa destes números, seduzindo cerca de 20% destes jogadores, de acordo com os dados emitidos pela SRIJ. Jogar poker hands com amigos e desconhecidos através da Internet revelou-se mais fácil do que nunca em 2020, um ano que também ficou marcado pelo surgimento de novas aplicações e redes sociais.
As aplicações mais populares do ano também são demonstrativas dos hábitos dos consumidores, e nenhuma aplicação foi tantas vezes descarregada em 2020 como a da rede social TikTok. Em segundo lugar encontra-se o Zoom, um serviço de facilitação de reuniões por videochamada, seguindo-se os sempre populares WhatsApp, Facebook, e Messenger.
Outras aplicações especialmente desenhadas para a criação de reuniões virtuais também integram a lista. Em oitavo lugar encontra-se o Google Classroom, uma aplicação para estudantes que contou mais de 50 milhões de downloads ao longo do ano. No décimo lugar da lista de aplicações mais populares de 2020 ficou a Microsoft Teams, concorrente do Zoom.



PUB

PUB

Scalhidraulica

PUB

Aguas Ribatejo Atendimento 012 222

Quem está Online?

Temos 762 visitantes e 0 membros em linha