PUB

chamusca gargalhadas

PUB

banner santarem generico

 

A mostra teatral concelhia de Tomar, que decorre de 1 a 17 de Março, tem este ano a particularidade de levar o teatro às aldeias do concelho, pois cinco das dez peças vão ser encenadas em freguesias rurais.

A iniciativa começa no feriado municipal, 1 de Março, com uma peça para crianças pelo teatro de sombras pelo grupo Espaço Zero, “Era Uma Vez em Tomar”, no Pavilhão Municipal Cidade de Tomar, às 15 horas.

No dia seguinte, no Cine-Teatro Paraíso, às 21h30, o Fatias de Cá leva à cena um dos mais conhecidos heróis da BD, Corto Maltese no “Concerto em O’ menor para harpa e nitroglicerina”, de Carlos Carvalheiro, baseado na obra de Hugo Pratt.

No sábado, 3 de Março, o programa tem mais duas peças: o ULTIMAcTO – Grupo de Teatro de Cem Soldos, leva ao auditório da Canto Firme “A vingança de Antero ou boda deslumbrante”, de Luísa Costa Gomes, às 18 horas. Segue-se, na Associação Cultural e Desportiva de S. Silvestre, na freguesia da Beselga, o clássico de Gil Vicente “Auto da Barca do Inferno” por O Capítulo – Grupo de Teatro de S. Pedro, às 21h30.

Na semana seguinte, a mostra regressa na sexta-feira, dia 9, às 21h30, no salão de S. Pedro, com “Sik-Sik, o mágico habilidoso”, pelo Grupo de Teatro e Convívio da Associação Recreativa das Aboboreiras.

No sábado, 10, mais dois momentos de palco: “Uma escolha de talentos”, pelo grupo Escolhas do CIRE (Centro de Integração e Reabilitação de Tomar), às 15h30 na Sociedade Vilanovense, freguesia de Paialvo, e outro clássico, “Falar verdade a mentir”, de Almeida Garret, às 21h30, na Associação Recreativa das Aboboreiras (freguesia da Junceira).

Para terminar, o novo GATTO – Grupo Amador de Teatro de Tomar leva à cena na sexta, 16, às 21h30, no Cine-Teatro Paraíso, a comédia de Mário Cobra “Falidos e mal pagos”. O programa prossegue com “Ana no jardim encantado”, de Elsa Segorbe, pelo grupo Ciranda em Palco, também do CIRE, no sábado às 11 horas, e fecha as cortinas com a “Sala de espera” de António Manuel Revez pelo Espaço Zero, às 21h30, na Associação Cultural e Recreativa da Linhaceira, freguesia de Asseiceira.

Segundo uma nota de imprensa da Câmara Municipal de Tomar, que organiza esta mostra em parceria com os grupos de teatro do concelho, as peças realizadas no Cine-Teatro Paraíso têm entradas a 3 euros, com excepção no dia 17, para as crianças, que custa 1,5 euros. Nas sedes das associações, o preço é também de 1,5 euros. A peça que se realiza no dia 1, no pavilhão municipal, tem entrada gratuita.

A Comissão Vitivinícola Regional (CVR) do Tejo vai realizar a segunda edição do Curso de Vinhos – Nível I, uma aposta na formação de consumidores principiantes, interessados em dar os primeiros passos na enologia

O curso realiza-se a 25 de fevereiro e surge depois da grande adesão registada na 1ª edição, realizada em Janeiro, onde a procura superou o número de inscrições admitidas.

Ministrado pelo enólogo Mário Louro, o programa do curso, denominado ‘Saber Viver o Vinho’, contempla a realização de provas cegas de vinhos brancos e tintos IGP e DOP.

Serão também abordados temas que envolvem o aconselhamento sobre como comprar vinho na loja, ou como servi-lo de forma adequada.

A sessão terá lugar nas instalações da CVR Tejo, em São Pedro, Santarém, entre as 10h00 e as 14h00.

O fadista amador ribatejano Edmundo Filipe faleceu esta segunda-feira, 13 de fevereiro, aos 77 anos, no hospital de Santarém, vítima de doença prolongada.

Natural de Santarém, aposentado do exército, era um excelente declamador e foi fundador do griupo de jograis do exército, em Luanda, quando cumpria a sua carreira militar na antiga colónia portuguesa.

Um dos episódios mais marcantes da sua carreira de fadista aconteceu à poucos meses, a 4 de Outubro de 2011, no salão recreativo da Portela das Padeiras, em Santarém, onde uma sala esgotada com muitos dos seus amigos prestou uma emocionante homenagem, que viria a ser a última.

Entre os presentes estiveram Manuel José Duarte, Alberto Leiria, Teresa Telles, José Silva, Raul Caldeira. Luís Grácio, Carlos Velez Pai, Nani, e Rui Girão, para refereir apenas alguns nomes. Destaque ainda para a presença do músico Custódio Castelo que surpreendeu toda a plateia, incluindo o homenageado.

 

 

 

Fotos: Alberto Silva.

Mais artigos...

PUB

PUB

scalhidraulica 2021

PUB

tagus docaria2021

PUB

Slide backgroundSlide thumbnail

PUB

ipsantarem mestrados

PUB

aguas ribatejo dia agua

PUB

cm almeirim bolsas

Quem está Online?

Temos 437 visitantes e 0 membros em linha