PUB

chamusca avieiros

PUB

cms carnaval

PUB

O já habitual concerto de ano novo em Santarém vai realizar-se este sábado, 7 de janeiro, a partir das 18h00, no grande auditório do Centro Nacional de Exposições (CNEMA), com a Orquestra Metropolitana de Lisboa, dirigida pelo maestro brasileiro Evandro Matté.

wshoppingSlide thumbnail

Será assim um concerto com sabor a Brasil, que juntará valsas e polcas austríacas com a música erudita do Brasil, por ocasião do bicentenário da independência do país. O espetáculo contará com músicas de Johann Strauss II e cinco temas de António Carlos Gomes, Francisco Braga, Arthur Barbosa, Franz Lehár e Alberto Nepomuceno, considerados dos mais importantes compositores de música erudita do Brasil.

O programa do Concerto de Ano Novo inclui a ópera “Alvorada” e a abertura da ópera “O Guarani”, de António Carlos Gomes, a valsa “Ouro e Prata” de Franz Lehár, a polca rápida “Sob Trovões e Relâmpagos” e as polcas “Tritsch-Tratsch” e “Annen” e a valsa “Danúbio Azul”, de Johann Strauss II, “Batuque”, de Alberto Nepomuceno , “Toada e Desafio” de Arthur Barbosa e “Episódio Sinfónico” de Francisco Braga.

Evandro Matté é diretor artístico e maestro da Orquestra Sinfónica de Porto Alegre, da Orquestra de Câmara do Theatro São Pedro e do Festival Internacional SESC de Música, sediado em Pelotas. Já se apresentou à frente de orquestras do Uruguai, Argentina, China, República Checa, Croácia, Alemanha, Itália, Colômbia e EUA. Em 2019, foi condecorado pelo Ministério da Cultura da França pelo desenvolvimento das artes no seu domínio artístico.

A Orquestra Metropolitana de Lisboa é pedra angular de um projeto que se estende além do formato habitual de uma orquestra clássica, tendo como propósito fazer confluir as missões artística, pedagógica e cívica. É constituída por 35 músicos de 10 nacionalidades diferentes. Interpreta um leque de repertório que se estende do barroco à contemporaneidade, passando pela ópera e pelas grandes sinfonias românticas.

A bilheteira reverte a favor de IPSS Locais (Centro Social Paroquial de Santa Marta de Alcanhões, Projeto Agir + Lene e Associação r. INseRIR).

Os bilhetes custam 5 euros e podem ser adquiridos nas instituições beneficiárias, União de Freguesias da Cidade de Santarém e na Press News (Tabacaria do W-Shopping), ou no próprio dia, na bilheteira do CNEMA, uma hora antes do espetáculo.



Slide backgroundSlide thumbnail

PUB

PUB

Slide backgroundSlide thumbnail

PUB

ar myaqua

Quem está Online?

Temos 740 visitantes e 0 membros em linha