PUB

chamusca clube costura

PUB

cms camane laginha

 PUBaguas santarem 600x110

Imagem de arquivo / Ilustrativa

As obras da nova Casa do Benfica de Santarém (CBS), a construir no Jardim da Liberdade, arrancam em Setembro. A garantia é do presidente da instituição, Luís Santos, que, em entrevista ao programa "Pelas Casas do Benfica", da BTV, a televisão oficial do Sport Lisboa e Benfica, deu conta da sua satisfação por ver finalmente o projeto a avançar.

Slide thumbnail

"É um orgulho ter esta Casa, o Benfica ter-se lembrado de nós e de ter dado a oportunidade a todos os habitantes de usufruir deste projeto e de uma marca que é de grande projeção a nível mundial: o Benfica", frisou Luís Santos.

"Espero que seja algo de muito benéfico para a nossa cidade. Fomos escolhidos essencialmente por sermos uma Casa muito antiga e estarmos numa cidade histórica. Espero que seja uma oportunidade de os Benfiquistas se reunirem para ver jogos e estarem com os amigos", adiantou no mesmo programa o vice-presidente do braço armado do clube, Hélder Domingos.

A nova Casa do Benfica de Santarém, a construir nas antigas cafetarias e restaurante do Jardim da Liberdade, desocupadas há vários anos, esteve prevista para 2019 mas problemas com o licenciamento junto da Direção Geral do Património Cultural devido a uma queixa apresentada por um grupo de 32 pessoas, e posteriormente a crise relacionada com o confinamento originado pela pandemia de Covid-19, obrigaram os encarnados a atrasar o projeto.

Esta será a primeira Casa do Benfica 2.0, que inclui uma imagem comum e vários serviços associados. Entre eles está o Benfica Ativo, um projeto de centro de estudos e atividades de ocupação dos tempos livres de jovens e seniores, que funcionará de segunda a sábado, uma casa de jogos e apostas (Casa Campeão), uuma área administrativa da CBS e uma zona de restauração que irão permitir criar cerca de duas dezenas de postos de trabalho.

Em outubro no ano passado, o responsável pelas Casas do Benfica, Jorge Jacinto, revelou que o projeto, inicialmente orçado em 400 mil euros, deverá ficar por volta do milhão de euros.

As obras desta primeira casa 2.0 do Benfica deverão durar “três a quatro meses”, sendo que este é um projeto-piloto que será depois replicado noutras casas do país e do estrangeiro.

“É muito mais que um café”, disse Jorge Jacinto, que acredita que a obra vai marcar a própria cidade, dando nova vida a um espaço vazio e degradado, que dará lugar a um edifício onde as crianças terão um espaço onde poderão usufruir de apoio às atividades letivas e desportivas, acompanhadas por profissionais qualificados, que funcionará das 9h00 às 24h00.

O presidente da Câmara de Santarém, Ricardo Gonçalves, confirma que teve recentemente uma reunião com os responsáveis benfiquistas e adianta que "se está a trabalhar para que esteja tudo tratado para que a casa do Benfica 2.0 em Santarém possa ser uma realidade o mais rapidamente possível".

Se as obras correrem como o planeado, a inauguração poderá ocorrer a 28 de fevereiro de 2022, dia do 118º aniversário do Sport Lisboa e Benfica.

Veja AQUI a reportagem no site do SL Benfica.



PUB

PUB

scalhidraulica 2021

PUB

Slide backgroundSlide thumbnail

PUB

ipsantarem mestrados

PUB

banner ar

Quem está Online?

Temos 777 visitantes e 0 membros em linha