Para assinalar a data do nascimento de Bernardo Santareno, que se comemora no dia 19 de novembro, a peça de teatro “A Arder”, escrita a partir da sua obra “O Judeu”, sobe ao palco Teatro Sá da Bandeira, em Santarém, no dia 20 de novembro, às 20 horas.

Slide thumbnail

A peça é encenada pela Companhia João Garcia Miguel, e conta com a participação de elementos locais das associações ARAT, Cão Raivoso e Veto Teatro Oficina, que estão envolvidos em toda a preparação do espetáculo.
“O Judeu” é uma das obras fundamentais do dramaturgo scalabitano, e foi apresentada uma única vez pelo Teatro Nacional D. Maria II (TNDM), em 1981, logo após a morte de Santareno, que não a chegou a ver.
“É um texto monumental em extensão e número de personagens, e retrata um período da vida em Portugal em que a Inquisição dominava, onde Bernardo Santareno “recorreu de um extenso conjunto de textos que investigou e usou literalmente, o que dá à peça um tom de distanciamento que incita à participação de quem lê”, segundo a sinopse do espetáculo.
A programação das comemorações do Centenário do nascimento de Bernardo Santareno prossegue depois a 26 de novembro, às 18 horas, também no Sá da Bandeira, com “Leituras Encenadas”, integradas num projeto criado em conjunto com a ESMAE - Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo e com a participação dos alunos do Curso de Interpretação de Teatro da Escola Secundária Dr. Ginestal Machado, de Santarém, dinamizadas por Jorge Louraço, numa oficina de análise dramatúrgica.