PUB

banner chamusca alice

PUB

banner cms riscos

A Igreja da Graça, em Santarém, vai ser palco, de 8 a 11 de outubro, às 22h00, de um ciclo de conversas que pretende assinalar os 500 anos da morte do explorador português Pedro Álvares Cabral, descobridor do Brasil que está sepultado neste monumento nacional, considerado um dos mais importantes exemplares da arte gótica em Portugal.

Slide thumbnail

A estreia destes diálogos transatlânticos, chamados de "Por terras de Cabral", será no dia 8 de outubro, data em que se juntam o escritor, filósofo e ensaísta Onésimo Teotónio Almeida e o músico e ex-Ministro da Cultura do Brasil, Gilberto Gil. A conversa terá moderação do também escritor Valter Hugo Mãe, depois de um showcase pelo músico brasileiro Ivan Lins, às 21h30.

No dia 9, á mesma hora é a vez dos músicos António Zambujo e Tim Bernardes trocarem argumentos, com moderação do jornalista João Gobern.

Segue-se, no dia 10, nova conversa "musical", desta vez entre Pedro Abrunhosa e Tom Zé, com moderação do jornalista Carlos Vaz Marques.

O encerramento do ciclo de conversas acontece a 11 de Outubro, estando a cargo dos humoristas Bruno Nogueira, Mariana Cabral (Bumba na Fofinha) e Gregório Duvivier,. A jornalista e escritora Inês Fonseca Santos será a moderadora desta conversa em que se fará uma leitura do papel do humor na relação entre Brasil e Portugal.

Dadas as limitações impostas pela Covid-19, a lotação da Igreja da Graça estará limitada a 30 lugares. No entanto, as conversas serão transmitidas online através da página oficial e do facebook da Câmara de Santarém.

Quem quiser assistir presencialmente deverá fazer a sua reserva através do email Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. ou do telefone 243 309 250.

Pedro Álvares Cabral ocupa um lugar de peso na história universal. O facto de ter sido o primeiro europeu a descobrir o Brasil, a 22 de abril de 1500, assegura-lhe o justo protagonismo que tem, mas o significado da sua figura é muito mais importante na medida em que foi o primeiro homem a ter viajado e conhecido os quatro cantos do mundo.

Entre 1500 e 1501, Pedro Álvares Cabral conseguiu unir por via marítima os quatro continentes ao ter saído da Europa e aí regressado, após ter passado por África, América e Ásia.



Slide backgroundSlide thumbnail

PUB

PUB

Scalhidraulica

Quem está Online?

Temos 498 visitantes e 0 membros em linha