PUB

banner chamusca alice

PUB

banner cms riscos

A corrida de touros realizada no sábado, 26 de setembro, na Monumental Celestino Graça, em Santarém, a única deste ano devido ao atual cenário de pandemia, foi um sucesso em termos de adesão de público dentro e fora da praça.

Slide thumbnail

Se, por um lado, os 5.750 lugares disponíveis da maior praça do país, com uma capacidade total de 11.500 lugares, esgotaram por completo, na cidade, a esmagadora maioria dos restaurantes teve casa cheia ao almoço e ao jantar.

Num balanço feito esta terça-feira, 29 de setembro, a Associação Praça Maior, promotora do evento, lamenta o que considera ser "um tratamento que varia entre o desprezo, a discriminação e o sensacionalismo" dado pela comunicação social nacional, e destaca a forma como todo o evento decorreu.

Desde logo pelo cumprimento do plano de contingência aprovado pelas autoridades competentes, que, segundo a associação, implicou "um enorme esforço logístico e financeiro" na colocação de dispensadores de álcool gel em todas as entradas da praça, bilheteiras e locais de trabalho; na marcação de circuitos unidirecionais em toda a praça; na marcação de indicações de distanciamento social e de todos os lugares não disponíveis nas bancadas; colocação de cartazes de sensibilização em toda a praça; reforço e formação da equipa de porteiros e arrumadores; triplicação da presença das forças policiais; organização da saída dos espectadores e sensibilização para a não aglomeração no exterior da praça uma vez concluído o espetáculo.

"Ninguém entrou na Praça sem Bilhete. Mesmo as crianças tiveram de pagar bilhete para entrar pelo que, se toda a gente que adquiriu bilhete entrou na Praça, estiveram no máximo 5.750 pessoas nas bancadas da “Celestino Graça”, tal como autorizado pela orientação conjunta da DGS e da IGAC. Recorremos a uma empresa para a realização do serviço de portaria e este serviço foi acompanhado em todas as portas de acesso por uma empresa de segurança privada e por agentes da PSP", esclarece a Praça Maior.

Sobre as fotografias a circular nas redes sociais que dão a aparência de praça cheia, a associação diz tratar-se de uma ilusão de ângulo. "Basta colocar uma imagem lateral, ou de baixo para cima, e ao longe, para que esse efeito aconteça. Nós tivemos a oportunidade de tirar fotografias através de drone, que ilustram perfeitamente que só esteve metade da lotação preenchida, só que essas fotografias não “vendem” a imagem sensacionalista e negativa que alguns querem criar e por isso não estão a ser utilizadas", avançam, garantindo aida que todos os espetadores usaram máscara.

PROTESTO PACÍFICO
A realização da corrida de touros ficou ainda marcada pela realização de uma ação de protesto e sensibilização anti-taurina, que juntou cerca de duas dezenas e meia de participantes

Segundo os organizadores, "a ação foi bem recebida por parte dos habitantes que passavam e observavam" e "não houve qualquer conflito entre manifestantes e aficionados, o que comprova o objetivo pacifista do nosso movimento".



leziria startup

 

Slide backgroundSlide thumbnail

PUB

PUB

Scalhidraulica

Quem está Online?

Temos 573 visitantes e 0 membros em linha