PUB

chamusca jan fev

PUB

cms generico

Os clubes de ténis de Almeirim e Santarém vão defrontar-se na meia-final do campeonato regional de veteranos +35 anos no sábado, 24 de Março, a partir das 15 horas, nos courts da Zona Norte de Almeirim.

A equipa vencedora disputará a grande final deste campeonato que reuniu 11 formações dos distritos de Santarém e de Leiria, e que se disputa no dia seguinte, em local e hora ainda por determinar em função dos resultados dos jogos de sábado.

O Limpar Portugal 2012 no concelho de Alcanena vai centrar-se na limpeza das margens do rio Alviela, no próximo dia 24 de Março.

Esta acção está a ser organizada pelo Clube Bio-Ecológico "Amigos da Vida Selvagem", de Alcanena, e insere-se no seu projecto “Alviela - o outro lado do rio" (Projeto Rios)!”.

A concentração está marcada para as 9 horas, junto à nascente do rio, nos Olhos de Água do Alviela. A limpeza começa no Mouseiro, junto às moagens Pitorro, na Louriceira, às 9h30, e sobe sempre a pé até à nascente, onde está previsto o final pelas 12 horas.

Os voluntários devem levar mochila, luvas, água e lanche, ao passo que os sacos do lixo e o transporte serão fornecidos pela organização.

Para esta acção no âmbito do Limpar Portugal, os “Amigos da Vida Selvagem” contam com a colaboração da Câmara de Alcanena, das Juntas de Freguesia da Louriceira, Alcanena e Bugalhos, do Centro Ciência Viva do Alviela, do agrupamento de escolas de Alcanena, a Luságua e do Centro Tecnológico das Indústrias do Couro (CTIC).

Criada com o objectivo de ajudar as empresas a fazer negócio, a plataforma on-line “inovar em rede” conta já com mais de 40 propostas em diversas áreas de actividade, que vão desde o vestuário a retalho, comercialização de máquinas de venda directa até à fabricação de produtos frescos de pastelaria e bolos.

As ofertas são diversificadas e incluem empresas que procuram fornecedores, intermediários ou representantes nacionais e parcerias para projectos em cooperação.

Esta plataforma, desenvolvida para promover o empreendedorismo e o espírito empresarial, foi criada pelo Tecnopólo do Vale do Tejo (TagusValley), em parceira com o ParkUrbis e o Sines Tecnopólo, e conta já com um novo espaço direccionado para empresas que procuram fornecedores e parceiros comerciais internacionais.

O endereço é www.inovaremrede.org.

A TAGUS – Associação para o Desenvolvimento Integrado do Ribatejo Interior, em parceria com os produtores dos Azeites da Nossa Terra e com a Escola de Pintura Atelier do Massimo, em Abrantes, está a preparar um workshop de pintura com azeite, a realizar em Abril.

Neste pequeno curso de quatro sessões, o pintor Massimo Esposito, um italiano há vários anos radicado no nosso país, ensina a técnica por ele desenvolvida, de pintar com azeite, a 10 formandos já com conhecimentos básicos de pintura a óleo. “Valorizar os produtos locais, olhando para eles, neste caso o azeite, de outra forma” é o objectivo, como refere o técnico coordenador da TAGUS, Pedro Saraiva.

Os interessados em aprender esta técnica que substitui o óleo de linho por azeite poderão inscrever-se a partir de dia 30 de Março, através do site da TAGUS (www.tagus-ri.pt). O curso é gratuito, no entanto, carece que o formando traga o seu material (telas, pincéis e cavalete).

A apresentação oficial do workshop decorrerá no dia 30 de Março, no Mercado Criativo de Abrantes, em que o pintor Massimo Esposito irá preparar petiscos italianos para o público em geral com os produtos locais.

Massimo Esposito, italiano e descendente de pintores, está em Portugal há 25 anos, 15 deles a viver em Abrantes. Tem vários ateliers na região, onde ensina pessoas de todas as idades a pintar. A sua obra é inspirada nos estilos do Renascimento, do Realismo e Surrealismo.

A Associação de Solidariedade Social de Benfica do Ribatejo, concelho de Almeirim, foi uma das 30 instituições contempladas a nível nacional com a instalação gratuita de uma unidade de micro produção de energia eléctrica, resultante de uma parceria entre a Certiel e a Entreajuda.

Com este equipamento, a associação vai passar a produzir directamente parte da energia que consome, o que lhe permite diminuir a sua factura de electricidade, e pode ainda vender à rede parte da energia que produz, obtendo assim mais uma fonte de receitas próprias.

A instalação da unidade de micro produção de energia eléctrica ficará concluída em Abril.

Mais artigos...

PUB

PUB

scalhidraulica 2021

PUB

Slide backgroundSlide thumbnail

PUB

ipsantarem mestrados

PUB

banner ar

Quem está Online?

Temos 1016 visitantes e 0 membros em linha