PUB

chamusca banner comercio

PUB

banner comerciolocal

O clube de teatro do programa “viver mais, viver melhor” vai levar à cena a peça “Homenagens”, no dia 19 de Maio, às 16 horas, no centro cultural do Cartaxo.

Este grupo amador, composto por homens e mulheres com idades entre os 50 e os 80 anos, pretende com este espectáculo homenagear os cantores, músicos, actores de cinema e de teatro que admiravam na sua juventude, nos anos 30 e 40 do século passado.

Todo o trabalho de coordenação, encenação, roupeiro e cenografia é da autoria dos vários membros do clube de teatro, que desde Maio de 2007 já encenou vários espectáculos, entre os quais “Renascer no Palco” e “O Palco, Nós e a Vida”.

Um motociclista morreu na sequência do despiste da moto que conduzia na Estrada Nacional 118 perto da localidade de Alvega, no concelho de Abrantes.

O acidente ocorreu ao início da madrugada de sábado, 12 de Maio, tendo estado no local uma equipa do INEM, os bombeiros municipais de Abrantes e a GNR, que está a investigar as causas do sinistro.

A Escola Profissional Gustave Eiffel (EPGE), no Entroncamento, vai iniciar um curso de técnico superior de higiene no trabalho a partir do dia 21 de Maio, em horário pós-laboral.

As inscrições podem ser feitas no centro de qualificação de activos da EPGE, através dos números 249 717 055 e 910 532 382, ou através do e-mail Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar..

O curso é homologado pela Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT), e os formandos obtêm uma certificação profissional de nível 6, acedendo ao Certificado de Aptidão Profissional (CAP).

A Casa dos Patudos - Museu de Alpiarça vai assinalar o dia internacional dos museus, que se celebra a 18 de Maio, com visitas guiadas gratuitas entre as 10 e as 18 horas, e com duas iniciativas paralelas.

Às 21h30, Augusto Moutinho Borges profere a conferência “História, Arte e Património”, no pólo enoturístico da Casa dos Patudos.

Entre as 15 e as 17 horas, a Casa dos Patudos vai ser palco da apresentação de pequenos apontamentos quotidianos da família Relvas, numa dramatização feita em parceria com o agrupamento de escolas José Relvas, no âmbito do projecto Comenius.

Os historiadores Fernando Rosas e Lia Ribeiro são os convidados de uma sessão evocativa das grandes lutas dos trabalhadores de 1962, que se realiza no dia 25 de Maio, às 21 horas, na Sociedade Filarmónica Alpiarcense 1º de Dezembro, em Alpiarça.

Com esta iniciativa, a comissão distrital do Bloco de Esquerda pretende assinalar os 50 anos das lutas de 1962, quando, em Maio, os trabalhadores dos campos do Ribatejo e Alentejo acabaram com o regime de trabalho de sol a sol e conquistaram a jornada de trabalho de oito horas.

“Lutando contra a fome, o desemprego, a completa ausência de apoios sociais, salários miseráveis, repressão e prisões, torturas e espancamentos, os trabalhadores assumiram a coragem e conseguiram a vitória”, assinala um comunicado do Bloco de Esquerda, lembrando que “esse extraordinário movimento de luta mobilizou cerca de 200 mil pessoas, com um importante papel da organização do PCP e de muitos antifascistas”, que marcaram o “ano de viragem na luta contra o fascismo”.

Para os organizadores do debate, “a submissão escrava que antes era imposta pelos latifundiários e pelo regime fascista, tenta agora impor o governo da troika”, impondo um “retrocesso social e anti-democrático de 50 anos”.

Mais artigos...

Slide thumbnail

PUB

PUB

Scalhidraulica

PUB

aguas ribatejo alpiarca

Quem está Online?

Temos 673 visitantes e 0 membros em linha