PUB

chamusca covid responsavel

PUB

banner cms escola

As duas corridas de toiros da feira taurina da Ascensão na Chamusca vão ter animais das ganadarias Murteira Grave e Prudêncio.

Na tarde do dia 17 de Maio, na tradicional corrida da quinta-feira da Ascensão, os cavaleiros Rui Salvador, Sónia Matias e Moura Caetano vão lidar na praça da vila seis toiros com o ferro Prudêncio, estando as pegas a cargo do grupo de forcados amadores da Chamusca.

No sábado, dia 19, será a vez de um curro da ganadaria Murteira Grave ser lidado a cavalo por Joaquim Bastinhas, Ana Batista e Bastinhas Junior, desta vez com a presença na arena dos forcados do Aposento da Chamusca.

“A escola tem talento” é o nome do concurso que a escola secundaria do Cartaxo vai realizar na sexta-feira, 11 de Maio, às 21h30, no centro cultural do Cartaxo.

Pelo palco vão passar 13 actuações de alunos do 7º ao 12º ano, em modalidades como o canto, dança, karate ou beat box, entre outros estilos.

As receitas revertem a favor da Conferência de S. Vicente de Paulo do Cartaxo, que acompanha algumas famílias carenciadas do concelho.

Os bilhetes custam 1,5 euros.

“Avieiros - Dores e Maleitas” é o nome do livro da autoria de Lurdes Véstia e Emídio Rafael que vai ser lançado na sexta-feira, 11 de Maio, às 17 horas, na igreja da Misericórdia de Santarém.

Lançada no âmbito do projecto de candidatura da cultura avieira a património nacional, a obra analisa a admissão de pescadores avieiros e respectivos descendentes no hospital de Jesus Cristo de Santarém, desde 1850 a 1969.

O livro, escrito a duas mãos, conta com um prefácio de Luís Vidigal, professor coodenador da Escola Superior de Educação de Santarém, e tem uma nota de abertura da autoria de Mário Rebelo, o actual provedor da Santa Casa da Misericórdia de Santarém.

Ainda no âmbito da mesma candidatura, a igreja da Santa Casa da Misericórdia de Santarém tem patente até dia 16 de Maio a exposição de fotografia “Sombras no Esteiro”, do fotógrafo amador Ricardo Peixeiro, de Vila Franca de Xira, e que conviveu com a comunidade avieira no Esteiro do Nogueira, onde registou momentos, rostos e marcas da vida das gentes da borda-d’água.

A exposição “A Arte da Animação”, produzida pelo Espalhafitas – secção de cinema da Associação de Desenvolvimento Cultural Palha de Abrantes, vai ser inaugurada na sexta-feira, 11 de Maio, às 18 horas, na galeria municipal de Abrantes.

A mostra revela as etapas e as técnicas utilizadas para a realização de um filme de animação, como os argumentos, storybords, criação de personagens, cenários e equipamento técnico de captura de movimentos usado neste tipo de cinematografia, e serão ainda apresentados trabalhos que mostram os bastidores da produção dos filmes dos “Realizadores de Palmo e Meio” (alunos das escolas do concelho de Abrantes).

A Exposição, integrada no ANIMAIO, cinema de animação, ficará patente até dia 1 de Junho.

Mais artigos...

PUB

PUB

Scalhidraulica

PUB

almeirim melao

Quem está Online?

Temos 604 visitantes e 0 membros em linha