chamusca bibliotecatecfresh2018 slide

alvaro mayer

O peregrino atropelado mortalmente na manhã deste domingo, 20 de maio, na estrada nacional 365, em Moitas Venda, no concelho de Alcanena, é Álvaro Mayer, ex-diretor do Centro de Emprego de Salvaterra de Magos e atualmente professor na Escola Secundária de Coruche.

Álvaro Mayer, de 59 anos, que além de professor é também economista, seguia integrado num grupo de 6 peregrinos, todos de Muge (Salvaterra de Magos), que seguiam em direção ao Santuário de Fátima.

Segundo o comandante dos Bombeiros de Alcanena, Jorge Frazão, o grupo tinha descansado algum tempo no quartel da corporação e foi apanhado por uma viatura numa zona de curva, em Moitas Venda.

Segundo a mesma fonte, o grupo seguia na sua mão, pelo lado esquerdo, e foi a viatura que se descontrolou e foi embater no sentido inverso ao que seguia. Apesar da estrada ser bastante utilizada por peregrinos, sobretudo nas alturas fortes das peregrinações, não havia histórico de ocorrências semelhantes na zona.

O alerta para a proteção civil foi feito às 5h17 da manhã deste domingo, e os primeiros operacionais que chegaram ao local depararam-se com um cenário grave, em que a vítima mortal estava já em paragem cardio-respiratória. As equipas de emergência ainda tentaram manobras de reanimação durante algum tempo mas o óbito viria a ser confrmado no local pelas equipas do INEM.

Além de Álvaro Mayer, foram atingidas e sofreram ferimentos mais 5 pessoas, uma delas, uma senhora com cerca de 80 anos, considerada ferido grave e evacuada para o Hospital de Leiria, para onde seguiu ainda outro dos feridos. Os restantes 3 foram encaminhados para o Hospital de Santarém.

No local estiveram 40 operacionais e 19 viaturas dos bombeiros de Alcanena, Minde, Torres Novas, Entroncamento e Pernes, das ambulâncias SIV de Tomar e Torres Novas, das VMER de Santarém, Abrantes e Leiria e da GNR, além de equipas de psicólogos do INEM.

Condutora fugiu mas já foi detida

A condutora do veículo ligeiro que esteve envolvida no acidente e abandonou o local sem prestar ajuda às vítimas, foi entretanto localizada e detida por militares da GNR, próximo do nó da autoestrada da beira interior (A23) com autoestrada do norte (A1).

O trânsito esteve cortado no local até cerca das 8h30, estando as investigações entregues ao NICAV da GNR.

 

NOTÍCIA RELACIONADA:

Peregrino atropelado mortalmente por condutor que fugiu do local

Partida em Coruche do Grande Prémio de Ciclismo Abimota - Fotos: João Dinis