chamusca appcoruche ficor

santaremcarnaval01

Depois do sucesso do ano passado, que registou milhares de pessoas a assistir aos desfiles, a versão 2018 do Carnaval scalabitano promete cinco dias de folia e muita animação na cidade, com um programa que envolve associações e Juntas de Freguesia de todo o concelho.

De 9 a 13 de fevereiro, há para ver dois corsos, um deles noturno, desfiles das escolas, concursos de máscaras e até uma caminhada carnavalesca com surpresas e animação pelo meio, atividades que serão repartidas entre o Jardim de São Bento, o Jardim da Liberdade e a Casa do Campino.

Do programa, destaque para os dois corsos carnavalescos que vão contar com a participação de 14 grupos informais em representação das freguesias do concelho, e que se vão realizar no Jardim de São Bento, rebatizado durante estes dias como o “sambódromo” de Santarém.

O primeiro desfile está marcado para a noite de sábado, 10 de fevereiro, a partir das 21 horas, mas sem caráter competitivo e sem atribuição de prémios.

A criatividade dos grupos será avaliada apenas no segundo corso, marcado para terça-feira de Carnaval, 13 de fevereiro, a partir das 15 horas, onde o júri escolherá então os foliões mais originais dentro do tema proposto para este ano: o “património cultural”.

O primeiro prémio tem um valor de 900 euros, seguido pelos segundo e terceiro prémios de 600 e 300 euros, respetivamente.

Atividades para todos os gostos e idades

santaremcarnaval02As comemorações do Carnaval scalabitano arrancam a 9 de fevereiro, com o desfile do Carnaval das escolas, entre as 10 e as 12 horas, no Jardim da Liberdade, e um baile interinstitucional, das 14h30 às 17 horas, na Casa do Campino.

Este ano, o desfile dos mais pequenos vai reunir cerca de 2.500 crianças de 68 escolas do ensino pré-primário e básico do concelho, um aumento de 1.000 foliões em relação ao ano passado, uma vez que a Câmara assegura os transportes a partir das freguesias e o almoço.

Quanto ao baile interinstitucional, já está confirmada a presença de cerca de 500 idosos e utentes de várias instituições particulares de solidariedade social (IPSS’s).

Uma das novidades da edição deste ano é um concurso de máscaras para crianças, que se vai realizar também na Casa do Campino, no sábado, 10, a partir das 15 horas.

Este concurso, aberto a miúdos até aos 12 anos, pretende ser um momento de confraternização entre famílias, não faltando atividades para os mais pequenos durante toda a tarde.

O entrudo scalabitano inclui ainda uma caminhada carnavalesca com surpresas e animação durante o percurso na segunda-feira, dia 12, a partir das 21 horas, com partida do Campo Infante da Câmara, junto à sede dos Night Runners.

“Queremos que este evento seja realmente vivido por todos os scalabitanos e pelos muitos visitantes que vão vir à cidade”, afirmou a vereadora Inês Barroso na conferência de imprensa que serviu para apresentar o programa, onde explicou também a “abrangência” do tema escolhido para este ano.

“O património cultural vai desde os monumentos, às histórias locais, às lendas e às tradições das aldeias, pelo que há muito por onde os grupos se podem inspirar”, disse a vereadora, esclarecendo que o tema vai servir de base não só aos corsos das associações como aos desfiles das crianças.

A Câmara reforçou o orçamento para este ano, que ronda os 35 mil euros, valor que inclui os apoios monetários dados aos grupos e às escolas na confeção dos fatos e preparação dos carros alegóricos, os prémios dos concursos e os transportes das crianças.

Inauguração Sabores do Toiro Bravo, em Coruche - fotos João Dinis