chamusca appelgalego natal2017

incendio

O Governo anunciou esta sexta-feira, 17 de novembro, que voltou a prorrogar o período crítico de incêndio, tendo em conta “a provável ausência de precipitação significativa”, uma decisão que, para já, é válida até 23 de novembro.

A decisão foi tomada tendo em consideração a previsão do Instituto Português do Mar e da Atmosfera, que aponta para tempo seco e subida de temperatura para valores acima da média para esta época do ano, o que faz com que estejam reunidas condições favoráveis à propagação de incêndios rurais.

Assim, é proibida a realização de queimadas em todo o país e continua também a não ser permitido realizar fogueiras para recreio, lazer ou para a confeção de alimentos, utilizar equipamentos de queima e de combustão, destinados à iluminação ou à confeção de alimentos e queimar matos cortados e amontoados ou qualquer tipo de sobrantes de exploração.

Mantém-se igualmente interdito o lançamento de balões com mecha acesa ou qualquer outro tipo de foguetes, fumar ou fazer lume de qualquer tipo nos espaços florestais e vias de atravessamento ou circundantes, fumigar ou desinfestar apiários com fumigadores que não estejam equipados com dispositivos de retenção de faúlhas.

Futebol: Jogo Coruchense x Mondenense | Fotos: João Dinis